COLMEIA Homem morre após ser atacado por abelhas no DF Homem tentava remover colmeia que estava dentro de construção na qual trabalhava quando acidente ocorreu

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 19/07/2018 08:27 Atualizado em:

Foto: CBMDF/Divulgação
Foto: CBMDF/Divulgação
Um homem de 50 anos morreu, na tarde desta quarta-feira (18), após sofrer um ataque de abelhas, no Assentamento Oziel Alves, em Planaltina, no DF.  Conhecido como Amadeu, o homem tentava remover uma colmeia que estava dentro da construção onde trabalhava, quando o acidente aconteceu. 

A testemunha afirmou que, com o silêncio, entrou no local e viu o colega caído e o ambiente tomado por abelhas. Por isso, Dimas foi até o 9º Grupamento de Bombeiro Militar (Planaltina) pedir por ajuda. 

Três viaturas, doze militares e um helicóptero foram usados para o resgate. No entanto, quando o socorro chegou, Amadeu já não tinha sinais de vida. Mesmo com as manobras de reanimação, realizadas por aproximadamente 30 minutos, a vítima não respondeu e morreu no local. 
 
Outros ataques
 
Em 5 de julho, uma idosa de 91 anos sofreu diversas picadas de uma colmeia que estava em um arbusto no jardim, em uma casa na QI 12 do Lago Norte. De acordo com os Bombeiros, a mulher já havia sido levada por parentes até a sala quando as equipes chegaram. Ela estava com sinais de choque anafilático em razão das picadas. Apesar do susto, ela foi transportada consciente, orientada e estável para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran). 

No entanto, em 2 de julho, 18 cães não tiveram a mesma sorte. Em uma casa na QI 11 do Lago Sul, aproximadamente 40 cães foram atacados por abelhas. Oito morreram e os outros animais foram transportados a uma clínica veterinária, onde 10 deles acabaram não resistindo às picadas.  


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.