Crime Homem vai a júri após tentar matar a mulher por causa de ligação O acusado teria ficado com ciúmes depois que a mulher desligou o celular ao vê-lo. Ele disparou uma arma de fogo na direção dela, mas o revólver falhou

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 18/07/2018 17:35 Atualizado em:

Foto: Maurenilson Freire/CB/D.A Press
Foto: Maurenilson Freire/CB/D.A Press
Girleno Alves dos Santos, acusado de tentar matar a companheira, Elimaria Moura dos Santos, será julgado nesta quarta-feira (18) pelo Tribunal do Júri de Brasília. O motivo da tentativa de assassinato seria ciúmes, depois de a mulher ter desligado uma ligação no celular, supostamente, ao vê-lo. 

Segundo o relato de Elimaria, em 12 de março de 2017, por volta de 1h40, na residência do casal, o acusado, "por ciúmes, teria lhe agredido com socos e tentando lhe matar com tiros". A arma, no entanto, falhou no momento do disparo. Ela o denunciou após fugir e procurar um batalhão da Polícia Militar. A corporação encontrou no local do crime um revólver calibre 38.

Segundo a perícia, a arma “eventualmente, após um acionamento, apresentava problema no gatilho, que não retornava à posição inicial, requerendo intervenção manual para voltar a sua posição e continuar disparos, decorrendo falhas nos sistemas de percussão e repetição”. O julgamento está marcado para começar às 9h.
 
Com informações do TJDFT 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.