Investiga Acusado de estuprar filha no DF é achado trabalhando em escola no Ceará Mesmo foragido e tendo condenação por homicídio, o homem de 59 anos, foi aprovado em concurso público da rede de ensino de Fortaleza

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 13/07/2018 19:17 Atualizado em:

Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil
Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil
Agentes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) do Distrito Federal conseguiram prender, em Fortaleza, um homem de 59 anos, suspeito de estuprar a filha em Brasília várias vezes. A acusação é que os crimes foram cometidos entre 2013 e 2016, e desde 2017 ele estava foragido no Ceará.

Investigações realizadas pelas Polícias Civis das duas unidades da federação permitiram chegar ao suspeito, que estava trabalhando como assistente-substituto de educação infantil na rede municipal de ensino da capital cearense. A prisão ocorreu nessa quarta-feira (11).

Segundo Ana Cristina Santiago, delegada-chefe da DPCA, o indivíduo aproveitava os saidões quinzenais do presídio — onde cumpria pena por duplo homicídio — para cometer a violência contra a menor. Ele agora está em Brasília, na carceragem da Polícia Civil do DF.

Mesmo com a acusação de estupro de vulnerável e uma ficha criminal extensa — que inclui ainda passagens por violência doméstica, latrocínio e a condenação por homicídio — o homem conseguiu ser aprovado em concurso público e atuava na educação de crianças. 

Outro caso 
Um outro caso de estupro praticado por um homem com muitas passagens pela polícia foi descoberto no mês passado, quando garoto de 12 anos foi violentado por um suspeito com histórico de furto, tráfico, homicídio e receptação. Nesse caso, o agressor também conhecia a vítima, sendo seu vizinho.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.