Crime Jovem é preso após matar o pai a facadas em Belo Horizonte Vizinhos disseram à polícia que suspeito era usuário de drogas. Quando viaturas chegaram ao local, militares ainda flagraram rapaz golpeando o pai

Por: Estado de Minas

Por: Cristiane Silva

Publicado em: 09/07/2018 18:06 Atualizado em:

Foto: Reprodução/Internet/Google Maps
Foto: Reprodução/Internet/Google Maps
Uma tragédia em família assustou moradores do Bairro Nova Suíssa, Região Oeste de Belo Horizonte, nesse último domingo (8). Um jovem de 23 anos foi preso pela morte do pai, de 66, em um prédio na Rua Virgolândia. De acordo com a Polícia Militar (PM), quando as viaturas chegaram ao local, ele ainda estava esfaqueando o pai. Ao todo, foram 13 perfurações. 

A polícia foi chamada ainda na madrugada, por volta das 2h. A denúncia dava conta de um provável homicídio de um filho contra o pai. Conforme o boletim de ocorrência, eles encontraram o autor na área externa do prédio, perto da grade do portão, desferindo vários golpes contra o homem. Um morador não identificado abriu a entrada para os policiais. 

Conforme a corporação, os militares disseram que era visível que o agressor estava fora de si. Eles chegaram a aplicar dois disparos de pistolas de pulso elétrico (taser) contra o jovem, mas não funcionou e ele saiu correndo para os fundos do prédio, que dá saída para a Rua André Fernandes, com a faca na mão. Os policiais foram atrás e conseguiram contê-lo. 

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) confirmou a morte da vítima. Depois disso, a perícia da Polícia Civil foi acionada. No apartamento onde os dois moravam, só não havia marcas de sangue em um único cômodo. Durante o registro da ocorrência, os policiais não conseguiram contato com outros parentes deles, mas vizinhos disseram que o autor é usuário de drogas e estava sob tratamento recentemente. 

O preso foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Oeste, para avaliar se havia algum ferimento, e de lá foi conduzido à Central de Flagrantes da Polícia Civil (Ceflan 3). A faca usada no crime foi apreendida. O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.