Racismo Criança tem cabelo cortado e alisado na casa do pai contra sua vontade A mãe da criança Fernanda Carvalho fez uma publicação no Facebook sobre a mudança não autorizada no visual da menina. Publicação tem milhares de compartilhamentos

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 03/07/2018 19:33 Atualizado em:

Mãe publicou fotos no Facebook do cabelo da criança antes e depois da intervenção. Foto: Reprodução/Facebook
Mãe publicou fotos no Facebook do cabelo da criança antes e depois da intervenção. Foto: Reprodução/Facebook
"Quero os meus cachos de volta". Foi isso que Fernanda Carvalho, de 29 anos, contou que a filha I., de 8, disse quando chegou em casa depois de passar o fim de semana com o pai e a madrasta em Governador Valadares, na Região do Rio Doce, e ter o cabelo cortado e alisado pela mulher. Insatisfeita, a mãe fez um desabafo no Facebook, em que resume a história como um "fato que nunca achou que iria acontecer".


Em entrevista ao Estado de Minas, Fernanda explicou que a mudança no visual da filha ocorreu quando a criança foi passar o fim de semana na casa do pai e, chegando lá, a madrasta decidiu dar um banho na garota. "Ela perguntou para minha filha se tinha problema em alisar o cabelo e se ela queria. Sem saber direito do que se tratava, a I. respondeu que 'sim'", falou a mãe, que é atendente de uma padaria na cidade. "Além de alisar sem me perguntar, cortou mais da metade do cabelo. Ou seja, quando lavar, vai encolher mais ainda", completou.

A mãe da garota disse que, ao encontrar a filha depois do fim de semana, I. estava triste sem o cabelo cacheado. "Chegou com medo, acuada, chorando, achando que eu iria brigar com ela e com o pai. E, desde ontem, tenho conversado, falo que o cabelo vai crescer, que vai ficar tudo bem. Ela não queria ir à escola hoje", contou. "Eu já fui criança e sei as consequências que o corte de cabelo pode trazer na vida de uma", disse Fernanda.

Ainda segundo a mãe, que esperava ser comunicada antes de qualquer procedimento estético no cabelo da filha, as consequências deveriam ser previstas pelo pai e pela madrasta. Ao EM, ela disse que sempre conversa com a filha respeito, aceitação, identidade. "Falo sobre se amar, se gostar. Em todos os vídeos em que a I. aparece, sempre está mexendo no cabelo", contou a mãe.

Fernanda afirmou também que não pretende prejudicar o pai e a madrasta, mas quer que os dois passem a respeitar mais a identidade da criança. Procurado pela reportagem, o casal disse que não vai comentar o caso.

Repercussão

A interferência da madrastra no visual da menor veio à tona quando Fernanda publicou, em seu Facebook e no Instagram da criança, um desabafo sobre o tema, com fotos do cabelo da filha antes e depois de ser cortado e alisado. A menina tem perfis no Instagram e no Facebook, e é seguida por milhares de pessoas nas duas redes sociais. Até a publicação desta matéria, o post da mãe em sua rede, feito na manhã desta segunda-feira, 2/7, tinha mais de 80 mil compartilhamentos e 248 mil reações. 

*Estagiário sob supervisão do editor Roney Garcia


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.