Minas Gerais Menino com anel preso no dedo é socorrido pelos bombeiros Criança de 8 anos usava um anel de aço cirúrgico que provocou inchaço em um dos dedos da mão direita. Objeto precisou ser serrado

Por: Cristiane Silva

Por: Estado de Minas

Publicado em: 01/07/2018 14:46 Atualizado em: 01/07/2018 14:53

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Um menino de 8 anos precisou ser socorrido por bombeiros de Uberaba, no Triângulo Mineiro, ao ficar com um anel preso em um dos dedos na última sexta-feira. Pais ou responsáveis devem ficar atentos, principalmente com a chegada das férias escolares, pois ocorrências desse tipo são comuns. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, o anel usado pela criança é de aço cirúrgico e ficou preso no terceiro dedo da mão direita. A técnica do fio dental (enrolar o fio na parte inchada para retirar o objeto) chegou a ser aplicada, mas não foi eficaz porque o inchaço estava muito grande. Diante da situação, os bombeiros tiveram que serrar o objeto.

É preciso evitar usar anéis apertados. Os bombeiros recomendam que neste tipo de caso, a pessoa deve elevar o dedo preso pelo anel acima da cabeça para diminuir o inchaço. É preciso chamar o Corpo de Bombeiros pelo telefone 193 ou levar a vítima a um pronto-socorro. A corporação também alerta que a demora em acionar o serviço especializado, caso o objeto não saia, pode comprometer o dedo, por conta da perda de circulação. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.