Heroismo Militares salvam menino de 3 anos que estava engasgado A criança já estava sem sinais vitais quando uma equipe da PMDF iniciou as manobras de socorro e a conduziu de viatura até um batalhão dos bombeiros

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 16/05/2018 08:15 Atualizado em:

No Batalhão dos Bombeiros do Paranoá, o menino passou por manobras de ressuscitação por 40 minutos até recuperar os sinais de vida. Foto: PMDF/Divulgação
No Batalhão dos Bombeiros do Paranoá, o menino passou por manobras de ressuscitação por 40 minutos até recuperar os sinais de vida. Foto: PMDF/Divulgação
Longe de qualquer hospital, os pais de um menino de 3 anos viveram momentos de aflição ao ver o filho perdendo a vida por estar engasgado. Foram mais de 30 minutos dirigindo até localizar uma viatura da polícia. O caso aconteceu nesta terça-feira (15/5), mas teve um final feliz. Após percorrer aproximadamente 50 quilômetros e passar por 40 minutos de manobras de ressuscitação a criança recuperou os sinais vitais. 

De acordo com o Cabo Ari Arcanjo, do Tático Operacional Rodoviário da Polícia Militar do Distrito Federal, ele e a equipe faziam um bloqueio na DF 130 quando um carro parou e uma mulher saiu gritando por socorro. "Ela dizia: 'salva meu filho!'. Ainda contou que morava em uma área rural, distante da cidade, então havia algum tempo que a criança já estava engasgada", contou. 

Enquanto a mãe e a criança entraram na viatura, o pai seguiu com o carro da família até o Batalhão do Corpo de Bombeiros do Paranoá. Foram mais 20Km até o local e, durante o trajeto, os policiais faziam o procedimento de primeiros socorros. "O menino chegou a colocar para fora o alimento com que estava engasgado, mas continuava desfalecido", disse o Cabo Arcanjo. 

Foram mais 40 minutos de manobras realizadas pelos bombeiros até que a criança recobrou os sinais vitais. "Senti que uma vida podia ser perdida em minhas mãos, então foi bastante tenso. O desespero da mãe também nos deixou apreensivos. Para acalmá-la, afastamos um pouco ela e fizemos uma oração... até que finalmente o filho recuperou os sinais. Agora torço para que tudo se finalize bem, que não haja sequelas" Estabilizado, o pequeno foi transportado de helicóptero do CBMDF para o Hospital de Base. O estado de saúde dele, porém, ainda é grave. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.