Em blitz Rio tem primeira morte por militar desde o início da intervenção no Estado Motociclista foi morto por soldado ao furar bloqueio do exército na Zona Oeste da cidade. Informações dão conta de que moto era roubada

Por: Agência Estado

Publicado em: 14/05/2018 09:23 Atualizado em:

Intervenção militar no Rio foi aprovada em fevereiro de 2018
Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil
Intervenção militar no Rio foi aprovada em fevereiro de 2018 Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil
Ocorreu no Rio de Janeiro a primeira morte por militar desde o início da intervenção federal no Estado. Um motociclista foi morto por um soldado no sábado (12) ao tentar furar um bloqueio do Exército na Vila Militar, zona oeste do Rio. A reportagem apurou que a vítima, Augusto Ferreira, de 25 anos, tinha passagens pela polícia e a moto teria sido roubada.

A tendência é que o caso seja julgado pela Justiça Militar após lei sancionada pelo presidente Michel Temer, em outubro, que alterou o Código Penal Militar. Este foi o primeiro caso de morte envolvendo militar desde 16 de fevereiro, quando a segurança pública do Rio de Janeiro passou ao comando das Forças Armadas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.