• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
CRIME Criança de 7 anos é estuprada por tio-avô de 69 no Distrito Federal Homem tem 69 anos, e foi preso acusado de estupro de vulnerável. Somente neste ano, dos 151 estupros ocorridos no Distrito Federal, 88 foram contra menores de idade

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 16/04/2018 08:28 Atualizado em:

Homem fugiu depois do crime, mas foi preso na 23ª Delegacia de Polícia. Foto: Minervino Junior/CB/D.A Pres
Homem fugiu depois do crime, mas foi preso na 23ª Delegacia de Polícia. Foto: Minervino Junior/CB/D.A Pres

Um homem de 69 anos foi preso neste sábado acusado de ter estuprado a sobrinha-neta, uma menina de 7 anos. De acordo com a Polícia Militar, o caso aconteceu na QNP 28 de Ceilândia, no Distrito Federal. Depois do crime, ele fugiu do local. Militares do Grupo Tático Operacional conversaram com a mãe da menina e começaram as buscas pelo homem. No primeiro endereço, na casa do suspeito, os policiais não o encontraram. Eles decidiram, então, ir até a casa do irmão do acusado, na QE 17 do Guará.

Um vizinho disse que não havia ninguém na residência, e que o morador havia saído com outro homem para vistoriar uma casa que estava à venda. No endereço, os policias não foram atendidos, mas após a confirmação de que havia pessoas no local, os militares entraram e localizaram os dois irmãos. O homem acusado de estuprar a menina foi detido e levado à 23º Delegacia de Polícia (P Sul - Ceilândia) para registro da ocorrência.

No ano passado, mais da metade dos estupros foram contra crianças e adolescentes. De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social, dos 883 crimes contailizados em 2017, 61% foram contra menores de idade: 543. Em 93% dos casos, vítima e autor possuíam algum vínculo. Por enquanto, 2018 segue a projeção. Até março, foram computados 88 ataques semelhantes contra vulneráveis. A estatística corresponde a 58% do total de violência sexual registrada pela polícia neste ano: 151.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.