• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Assassino de Marielle teria deixado fragmento de digital Ele teria sido identificado nas cápsulas de pistola 9 milímetro

Por: AE

Publicado em: 11/04/2018 07:56 Atualizado em:

 Cerca de 4 tiros atingiram Marielle na cabeça. Foto: Reprodução/Facebook
Cerca de 4 tiros atingiram Marielle na cabeça. Foto: Reprodução/Facebook
Especialistas envolvidos na investigação do assassinato da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (PSOL) e de seu motorista, Anderson Gomes, teriam identificado fragmentos de digitais nas cápsulas de pistola 9 milímetros usadas no crime. 

No dia 14 de março, um carro emparelhou com o veículo de Marielle e foram efetuados ao menos 9 disparos. Cerca de 4 tiros atingiram Marielle na cabeça, de acordo com a investigação da polícia.

A princípio, os fragmentos não seriam suficientes para uma comparação com impressões digitais armazenadas em bancos de dados da polícia. Mas poderiam, no entanto, ser confrontadas com as de eventuais suspeitos, segundo informou o jornal "O Globo".


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.