• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Sem energia Apagão atinge todas as regiões do país As causas de desligamento ainda estão sendo investigadas

Por: Diario de Pernambuco

Por: Agência Estado

Publicado em: 21/03/2018 16:10 Atualizado em: 21/03/2018 22:38

No Recife, vários semáforos ficaram apagados. Foto:  Fred Figueiroa/ DP
No Recife, vários semáforos ficaram apagados. Foto: Fred Figueiroa/ DP

Várias regiões do país ficaram sem fornecimento de energia elétrica na tarde desta quarta-feira. Por meio de nota, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), órgão federal responsável por gerenciar a fiscalizar a entrega de energia em todo o Brasil, informou que, às 15h48, "uma perturbação" no Sistema Interligado Nacional (SIN), a rede nacional de distribuição de energia, causou o desligamento de cerca de 18 mil megawatts (MW), majoritariamente localizados nas regiões Norte e Nordeste. Esse volume correspondia a 22,5% da carga total do sistema naquele momento.


Por causa desta queda, um esquema regional de alívio de carga entrou em operação, atingindo as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, com corte automático de consumidores no montante de 4.200 MW. "Os sistemas Sul, Sudeste e Centro-Oeste ficaram desconectados do Norte e Nordeste", informou o Operador.

Segundo o ONS, às 16h15 já havia sido realizada a recomposição de praticamente toda a carga no Sul, Sudeste e Centro-Oeste. "As equipes do ONS estão neste momento dedicadas à recomposição dos sistemas Norte e Nordeste, já em curso. As causas de desligamento estão sendo investigadas", declarou.

Trânsito no Recife e RMR


No Recife, o metrô ficou sem operar e os semáforos ficaram apagados. A operação das linhas Sul e Centro do metrô do Recife foi suspensa, de acordo com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), afetando  400 mil passageiros. A CBTU Recife informa que às 20h20 desta quarta-feira, (21), o Metrô voltou a circular. Os passageiros que se encontravam nos trens no momento da queda de energia foram retirados das composições e encaminhados às estações.

 


Foto: Rosália Vasconcelos/DP
Foto: Rosália Vasconcelos/DP

A Autarquia de Trânsito e Transporte do Recife (CTTU) apontou para o registro de semáforos fora do ar em todas as zonas do Recife. No entanto, segundo o órgão, os equipamentos de fiscalização, como lombadas eletrônicas, possuem baterias e não tiveram a operação interrompida.



Aulas suspensas 


Em comunicado oficial no Facebook, a Universidade Federal de Pernambuco suspendeu as atividades em função do 'apagão.



A Universidade Católica de Pernambuco também suspendeu as aulas:

 

Comércio

 

Algumas lojas do centro do Recife fecharam as portas no fim da tarde devido ao apagão. Na imperatriz, o comerciante Leonardo Vilela fecha sua loja de confecções. “Depois das três se acontece algo o povo vai embora. Clientela não fica”.  

 

Transtorno 

 

O apagão causou uma série de transtornos à população recifense. No bairro dos Coelhos, com medo de possíveis arrastões, passageiros brigavam para entrar nos coletivos. 


Priscila Franklin, 26 anos, saiu de meio dia para levar o bebê ao pediatra no centro da cidade.  Foto: Rosália Vasconcelos/DP
Priscila Franklin, 26 anos, saiu de meio dia para levar o bebê ao pediatra no centro da cidade. Foto: Rosália Vasconcelos/DP


Na Estação Central do Recife, a dona de casa Priscila Franklin, 26 anos, que tinha ido levar o bebê ao pediatra, no centro da cidade e na volta ficou desesperada ao se deparar com a estação fechada.

Clailton Gomes da Silva, 28 anos, utiliza geralmente o metrô para voltar do trabalho. Ele mora em Prazeres, Jaboatão dos Guarapes. Foto: Rosália Vasconcelos/DP
Clailton Gomes da Silva, 28 anos, utiliza geralmente o metrô para voltar do trabalho. Ele mora em Prazeres, Jaboatão dos Guarapes. Foto: Rosália Vasconcelos/DP


O vendedor Clailton Gomes da Silva, 24, até tentou embarcar em um ônibus em frente à estação, mas ficou com medo da escuridão.

Diante do trânsito congestionado, motoristas estacionam próximo à prefeitura. Foto: Aline Ramos/DP
Diante do trânsito congestionado, motoristas estacionam próximo à prefeitura. Foto: Aline Ramos/DP

 

No Recife Antigo, motoristas estacionaram próximo à Prefeitura da Cidade para esperar o trânsito amenizar.  

 

 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.