• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Calor Seca provoca queimadas no interior de São Paulo Até a tarde, haviam sido consumidos 50 hectares, área equivalente a 60 campos de futebol e bombeiros tentavam conter as chamas

Por: AE

Publicado em: 14/09/2017 08:05 Atualizado em: 14/09/2017 08:56

Foto: Divulgação/ Secretaria Estadual do Meio Ambiente
Foto: Divulgação/ Secretaria Estadual do Meio Ambiente

Com o calor e a falta de chuvas, os incêndios estão devastando grandes áreas de matas e lavouras no interior paulista. Somente terça-feira, 12, satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registraram 165 queimadas no Estado. Na manhã desta quarta-feira, 13, o fogo consumia o Horto Florestal de Campos do Jordão, parque administrado pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado. Até a tarde, haviam sido consumidos 50 hectares, área equivalente a 60 campos de futebol e bombeiros tentavam conter as chamas.

Outra reserva florestal foi atingida em Mogi Guaçu, no distrito de Martinho Prado. As chamas atingiram parte da Fazenda Campininha, que abriga núcleo de pesquisa do Instituto de Botânica, também estadual. A sede da fazenda e as áreas de botânica não haviam sido afetadas, mas algumas áreas de melhoramento genético foram destruídas pelo fogo. Em Mococa, as chamas atingiram uma grande área de mata natural.

Fogo intencional

Um incêndio queimou uma área de pelo menos 17 hectares no bairro Colina do Castelo, em Jaguariúna, na região de Campinas. O fogo teve início no fim da tarde de terça e só foi controlado na madrugada desta quarta. De acordo com o coordenador da Defesa Civil municipal, Wilson Moreira Santana, o incêndio foi intencional. "Alguém colocou fogo no mato da pastagem, o que fez com que as chamas se alastrassem pelas fazendas da Estrada de Santa Júlia, na zona rural."

As chamas chegaram próximas da área urbana. Cerca de 20 agentes, entre bombeiros civis, guardas municipais e os bombeiros do grupamento local, atuaram no combate ao fogo. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.