• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Luto » Antônio Ermírio atuou na política e em defesa da democratização do país Ele morreu nesse domingo (24), aos 86 anos, após sofrer uma insuficiência cardíaca

Correio Braziliense

Publicação: 25/08/2014 11:33 Atualização:

O empresário Antônio Ermírio de Moraes nasceu em 4 de junho de 1928. Ele foi o segundo de quatro filhos de Helena Rodrigues Pereira com o engenheiro pernambucano José Ermírio de Morais, que criou o Grupo Votorantim, comprando as ações de uma empresa de tecelagem localizada na cidade homônima, em São Paulo, que pertencia ao sogro dele, avô de Antônio Ermírio, o imigrante português António Pereira Inácio. Diplomou-se engenheiro metalúrgico em 1949 na Colorado School of Mines dos Estados Unidos e, em 1989, recebeu daquela escola o título de "Doutor em Metalurgia".

No ano passado, ele apareceu no ano passado como um dos 100 maiores bilionários do mundo, segundo o ranking da Forbes, com fortuna avaliada em US$ 12,7 bilhões. No Brasil, a família foi considerada a terceira mais rica, segundo ranking divulgado pela revista em maio deste ano.

Engenheiro metalúrgico formado pela Colorado School of Mines, nos Estados Unidos, Antônio Ermírio iniciou a carreira no Grupo Votorantim em 1949. O grupo está presente em mais de 20 países, nos segmentos de metais, cimento, papel, química, eletricidade e sucos.

Carreira política e ativismo social

Em 1986, o empresário foi candidato ao governo do estado de São Paulo pela União Liberal Trabalhista Social ( PTB, PL e PSC). No entanto perdeu a disputa para Orestes Quércia (PMDB). Ele teve também uma intensa atividade no campo da saúde, em especial, no Hospital da Beneficência Portuguesa em São Paulo, onde foi presidente.

Antônio Ermírio participou ativamente dos principais movimentos de desenvolvimento e democratização do Brasil, com um engajamento direto e pessoal em inúmeras campanhas voltadas para a geração de emprego e melhoria da educação e da saúde do povo brasileiro.

Como escritor, é autor de diversos artigos, muitos deles publicados em jornais e revistas em todo o país. Também escreveu e produziu três peças teatrais, focalizando problemas brasileiros, que foram representadas em várias cidades do Brasil e fazem parte deste "site": Brasil S.A., SOS Brasil e Acorda Brasil. É membro da Academia Paulista de Letras.

Despedida

Após uma insuficiência cardíaca, Antônio Ermírio de Moraes, morreu em casa, em São Paulo, na noite desse domingo (24/8). O empresário de 86 anos deixa a mulher, Dona Maria Regina Costa de Moraes, com quem teve nove filhos. O corpo é velado desde às 9h, no Salão Nobre do Hospital Beneficência Portuguesa. O cortejo deve sair às 16h rumo ao Cemitério do Morumbi, onde o corpo será enterrado.

Em nota, o Grupo Votorantim lamentou a perda dele, considerado pela empresa um grande líder. “Serviu de exemplo e inspiração para seus valores, como ética, respeito e empreendedorismo, e que defendia o papel social da iniciativa privada para a construção de um país melhor e mais justo, com saúde e educação de qualidade para todos”, diz a nota.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.