• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Transporte pública » Motoristas e cobradores da Região Leste de BH voltam ao trabalho após paralisação Trabalhadores paralisaram o atendimento por volta das 2h30 e terminou depois de reunião de representantes da empresa e funcionários

Estado de Minas

Publicação: 18/08/2014 14:51 Atualização:

Terminou, por volta das 11h desta segunda-feira, a paralisação dos motoristas e cobradores de cerca de 10 linhas que atendem a Região Leste de Belo Horizonte. A movimentação começou durante a madrugada e deixou moradores de vários bairros sem transporte.

De acordo com o diretor de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários de Belo Horizonte (STTR-BH), Carlos Henrique Marques, houve uma reunião entre representantes dos trabalhadores e dos patrões. Ao fim do encontro, a empresa se dispôs a resolver os problemas citados. Conforme Marques, os funcionários reclamavam da falta de horário de almoço ou pagamento do mesmo, horas extras não pagas, jornada excessiva de trabalho, falta de banheiros, água potável e casos de assédio moral.

Mais cedo, a BHTrans informou que as linhas 705 (Estação São Gabriel/São Tomaz) e 806 (Estação São Gabriel/Vista do Sol via Nazaré) não circularam. Já as linhas 9103 (Santa Tereza/Santo Antônio), 9210 (Santa Tereza/Prado), 9410 (Sagrada Família/Coração Eucarístico), 9501 (São Lucas/Jaraguá), 9550 (Casa Branca/São Francisco via Estação José Cândido), SC04 A e B (Santa Casa/Savassi/Rodoviaria), SC02 B (Savassi/Praça Sete via Santa Casa – Praça da Liberdade) realizaram um atendimento parcial.

Já o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários de Belo Horizonte (STTR-BH) afirma que 15 linhas pararam totalmente nesta manhã. Além das 10 divulgadas pela BHTrans, os coletivos 9204 (Santa Efigênia/Estoril), 9209 (Sagrada Família/Gutierrez), 3503 (Santa Terezinha/São Gabriel), 8501 (Maria Goretti/Engenho Nogueira via Ouro Preto) e 9411 (Casa Branca/São José) também deixaram de circular.

O em.com.br entrou em contato com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (Setra-BH), mas ainda não obteve resposta. A reportagem também tentou entrar em contato com a empresa responsável pelas linhas, mas não obteve sucesso. 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.