• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Violência » Melhora estado de saúde de aluno atingido por tiro na cabeça em escola no Rio

Agência Brasil

Publicação: 15/08/2014 14:14 Atualização:

O estudante Thiago da Silva Batista, 15 anos, atingido  por um tiro na cabeça na última quarta-feira (13), na Escola Municipal Alberto Rangel, na Cidade de Deus, zona oeste do Rio, melhorou bastante nas útlimas horas. Ele deixou a unidade semi-intensiva e foi transferido para a enfermaria no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, zona sul, de acordo com a Secretaria de Saúde. De acordo com o boletim médico, o seu quadro de saúde é estável, mas ainda inspira cuidados.

Thiago foi atingido por um disparo de arma de fogo por volta das 10h da manhã da última quarta-feira, e levado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da comunidade. Depois, foi transferido para o Hospital Miguel Couto e operado no mesmo dia.

A Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) informou que, em outra região da Cidade de Deus, na localidade conhecida como Caratê, foi registrado um confronto entre policiais e criminosos armados e o caso foi registrado na 32ª Delegacia de Polícia (Taquara). As armas dos policiais envolvidos na ocorrência foram entregues à Polícia Civil para exame. Os policiais militares não foram afastados de suas funções.

A Secretaria Municipal de Educação informou que mantém o Programa Interdisciplinar de Apoio às Escolas Municipais (Proinape), do qual participam pedagogos, psicólogos e assistentes sociais. As equipes do programa atendem às escolas sempre que uma situação difícil se configura ou sempre que solicitado pela direção das unidades. O programa está acompanhando o caso e prestando apoio aos parentes, bem como colaborando com as investigações policiais.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.