• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Meio ambiente » Local onde baleia foi enterrada é apropriado para descarte, diz Comlurb

Agência Brasil

Publicação: 12/08/2014 14:40 Atualização:

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) faz hoje (12) nova coleta de amostras da água da Praia da Macumba, no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio, local onde a baleia jubarte encalhou e morreu na noite do último sábado (9).

Ontem (11), técnicos do Inea coletaram água do mar para análise de balneabilidade, cujo resultado sairá na tarde desta terça-feira (12). O procedimento é uma prática de rotina feita pelo instituto, com a finalidade de examinar se as águas do mar estão próprias para o banho.

Em nota, a Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) informou que a carcaça da baleia Jubarte, de 37,5 toneladas e cerca de 12 metros, foi enterrada no depósito da Central de Tratamento de Resíduos (CTR-Rio), em Seropédica e, mesmo sendo um animal de grande porte, não causa impacto por ter sido descartada em local apropriado. A CTR-Rio é a área onde são tratados e dispostos os resíduos de todo o município, dentro das normas atualmente vigentes, e dispõe de tecnologia adequada.

A professora Tatiana Bisi, bióloga que integra o Projeto Mamíferos Aquáticos, do Departamento de Oceanografia e Hidrografia da Universidade do Estado do Rio, informou que biólogos coletaram ontem amostras da carcaça da baleia, com a finalidade de investigar a possível causa da morte. Segundo Tatiana, "ela estava com a boca envolta por uma rede de pesca, o que pode ter causado asfixia, debilitando o animal e o levando à morte. O prazo para a realização dos exames é demorado e as amostras recolhidas foram encaminhadas para estudo, com o objetivo de analisar a possível presença de contaminantes, a análise genética e detecção do sexo".

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.