• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Foco nas eleições » 17ª Parada Gay de BH recebe quase 30 mil pessoas

Estado de Minas

Publicação: 11/08/2014 07:54 Atualização: 11/08/2014 10:29

Ativistas se encontraram na Praça da Estação e caminharam até a Savassi. Foto: Marcos Michelin/EM/DA Press (Marcos Michelin/EM/DA Press)
Ativistas se encontraram na Praça da Estação e caminharam até a Savassi. Foto: Marcos Michelin/EM/DA Press

A 17ª Parada do Orgulho LGBT de Belo Horizonte reuniu quase 30 mil pessoas. Com enfoque nas eleições, o tema deste ano foi “Vote contra a violência! Eleja quem te representa” (sic), dando ênfase e apoio a candidatos que apoiem as causas do grupo. Pregando integração, inúmeras bandeiras foram levantadas durante o evento. Entidades que defendem negros, lésbicas, transgêneros e o Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) estiveram presentes. Diferentemente de outras paradas pelo Brasil, a de BH preza por shows com artistas da cidade e arredores, a fim de valorizar a cultura local.

Além do palco montado para o “esquenta”, que começou por volta das 12h, na Praça da Estação, dois trios elétricos animaram o trajeto, que passou pela Rua dos Caetés, Rua da Bahia, Avenida Afonso Pena e chegou à Rua Professor Moraes, onde as atividades se encerraram por volta das 21h.

De acordo com o secretário geral do Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais (Cellos-MG) e um dos organizadores da ação, Azilton Viana, há um princípio de democracia plena na parada e seu objetivo principal é promover alegria, cidadania e respeito, mas não em detrimento da política. Dentro do contexto, Viana alega que a corrente de suporte à comunidade LGBT no Legislativo está enfraquecida e “diversas pautas são barradas graças ao avanço do fundamentalismo religioso”. Em suma, apesar do clima festivo, a militância se fez presente.

Quanto à segurança e mobilidade, a Polícia Militar, BHTrans e Corpo de Bombeiros não registraram muitas confusões. Até o fechamento desta edição, apenas pequenos furtos haviam sido notificados e o trânsito fluía tranquilamente. Os bombeiros tiveram um pouco mais de trabalho graças ao número de pessoas embriagadas e acometidas pelo forte calor da tarde durante a concentração.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.