• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Abandono » Recém-nascida é encontrada em caixa de papelão em Brasília Bebê, "batizada" como Aurora, passa bem, pesa 3,035kg e mede 47cm

Correio Braziliense

Publicação: 07/08/2014 17:00 Atualização:

Estudante universitário encontrou a neném em passagem do Lago Norte, em Brasília. Foto: Whatsapp/ Reprodução
Estudante universitário encontrou a neném em passagem do Lago Norte, em Brasília. Foto: Whatsapp/ Reprodução
Um bebê recém-nascido, ainda com cordão umbilical, foi encontrado abandonado em via pública, próximo a uma parada de ônibus, no Lago Norte, em Brasília, na manhã desta quinta-feira (7/8).

A criança, do sexo feminino, estava dentro de uma caixa de papelão apenas com o rosto coberto com um pano. O estudante de design gráfico Jonathan Grassner, 20 anos, ia em direção ao ponto de ônibus para pegar o coletivo e ir para a faculdade. Em uma passagem do conjunto 6 da quadra, viu a caixa e achou que era um gato.

Ao ver um braço, constatou que se tratava de uma pessoa. Ela estava limpa, mas ainda com o cordão umbilical. Por sorte, uma mulher saía de casa, de carro, no exato momento em que Jonathan se perguntava o que fazer. Levaram a recém-nascida para dentro da casa, colocaram roupas novas nela e se dirigiram para a 9ª Delegacia de Polícia (Lago Norte).

Para Jonathan, restava a esperança de manter contato com a criança. "Para mim, é muito importante essa neném estar viva. Quero manter contato com ela. Não sei nem como me sinto, não é todo dia que se encontra uma criança abandonada assim", disse. "Se pudesse escolher um nome, seria Karen, em homenagem a meu pai, austríaco", continuou.

Na DP, os policiais chamaram uma equipe do Corpo de Bombeiros, que, ao chegar lá, levou a neném para a viatura, fez os primeiros atendimentos e a reconduziram para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran). A recém-nascida passa bem. Ao chegar aohospital, recebeu o nome de Aurora. Ela tem olhos pretos e pele morena, pesa 3,035kg e mede 47cm.

A secretaria de Saúde, por meio de nota, informou que a bebê se alimentou bem após ter sido socorrida pelo Corpo de Bopmbeiros e será submetida a uma série de exames sorológicos para investigar se há contaminação por algum tipo de doença que possa ter sido transmitida durante a gravidez.

A polícia continua os trabalhos de investigação para tentar descobrir quem é a mãe da criança.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.