• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Falecimento » Astrônomo Ronaldo Mourão morre no Rio de Janeiro

AE

Publicação: 26/07/2014 10:45 Atualização: 26/07/2014 13:34

O pesquisador estava internado no Hospital Quinta D'Or, no Rio de Janeiro. Foto: Rafael Ohana/CB/D.A Press
O pesquisador estava internado no Hospital Quinta D'Or, no Rio de Janeiro. Foto: Rafael Ohana/CB/D.A Press
O astrônomo carioca Ronaldo Mourão morreu, aos 79 anos, na noite de sexta-feira (25). O pesquisador estava internado no Hospital Quinta D'Or, em São Cristovão, bairro do Rio de Janeiro. O hospital ainda não informou a causa da morte. O corpo do astrônomo será internado no cemitério do Caju.

Ronaldo Rogério de Freitas Mourão ficou conhecido como o nome de maior autoridade em astronomia no Brasil. Os principais estudos de Mourão foram efetuados no campo das estrelas duplas, asteróides, cometas, astrometria fotográfica e também em informações sobre o planeta Marte.

Em 1956, Mourão entrou na Universidade do Estado da Guanabara (UERJ) para o curso de Física. No mesmo ano, ele foi nomeado auxiliar de Astrônomo no Observatório Nacional. Em 1967, concluiu o doutorado na Universidade de Paris.

Mourão fundou o Museu de Astronomia e Ciências Afins, em 1985, e elaborou os verbetes sobre o tema de edições de dicionários de Aurélio Buarque de Hollanda e da enciclopédia Britannica do Brasil. Trabalhou pela democratização desse campo do conhecimento, produzindo artigos para jornais e programas de rádio.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.