• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

São Paulo » Polícia detém 5º suspeito de depredação durante protesto

Agência Estado

Publicação: 24/07/2014 13:59 Atualização:

Um professor de português e inglês foi detido por agentes do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) na manhã desta quinta-feira, 24, por suspeita de envolvimento na depredação da agência Citibank, na Avenida Rebouças, durante manifestação do Movimento Passe Livre no dia 19 de junho. Ele é o quinto detido no inquérito da Polícia Civil que apura a organização de adeptos da tática black block que depredaram agências bancárias e uma concessionária de carros de luxo no mês passado.

O homem, de nome e idade ainda não divulgados, foi detido na Fazenda da Juta, zona leste da cidade. A polícia foi ao local para cumprir um mandado de prisão temporária por cinco dias contra o rapaz.

O Deic ainda não confirmou como chegou ao suspeito, mas até o momento a investigação tem ocorrido por meio da análise de imagens de câmeras de segurança dos estabelecimentos depredados.

Nesta semana, três dos envolvidos no inquérito e denunciados pelo Ministério Público se tornaram réus. O professor Rafael Lusvarghi, o técnico laboratorial e estudante da USP Fábio Hideki Harano e o mecânico João Antonio Alves Roza. Um quarto rapaz que havia sido detido por depredar uma placa teve a liberdade concedida pela Justiça depois de pedido da defesa.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.