• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Ensino superior » Instituições podem aderir à Campanha da Responsabilidade Social

Agência Brasil

Publicação: 23/07/2014 07:49 Atualização:

A Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior Particular (Abmes) abriu inscrições para a décima edição da Campanha da Responsabilidade Social. As entidades educacionais podem se cadastrar até o dia 12 de setembro no, site da campanha, para oferecer uma série de atividades gratuitas para a população, nas áreas de educação, saúde, cultura, meio ambiente. O evento ocorre de 15 a 20 de setembro.

Podem participar da campanha todas as instituições de ensino superior, associadas ou não à Abmes, inclusive públicas, além de unidades do Sistema S. A adesão é gratuita. De acordo com a Abmes, cada instituição tem autonomia para formular a programação, elaborar as atividades e definir o local do evento.

No ano passado, cerca de 160 mil professores, alunos e técnicos de aproximadamente 620 instituições de ensino superior se reuniram nas atividades, que ocorreram em apenas um dia. No total, foram mais de 640 mil atendimentos. Este ano, com duração maior, a expectativa da Abmes é ultrapassar 1 milhão de atendimentos.

Para o assessor do Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular Sólon Caldas, a semana reúne as instituições "com o objetivo maior de entrosar a escola com a comunidade". "A escola presta um serviço muito relevante para a sociedade, com ações sociais, e outras ações que, no dia a dia, muitos não teriam condições de arcar."

Todas as atividades serão divulgadas no site da campanha. Ao participar, a instituição ganha o selo Instituição Socialmente Responsável, que certifica o envolvimento do estabelecimento com a comunidade e comprova que a instituição cumpre o compromisso social.

A campanha foi criada após a sanção da Lei 10.861/2004, que institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). Pela norma, contará na avaliação das instituições de educação superior, feita pelo Ministério da Educação,  a contribuição em relação à inclusão social, ao desenvolvimento socioeconômico, à defesa do meio ambiente, da memória cultural, da produção artística e do patrimônio cultural. Caso sejam mal avaliadas, as instituições não podem funcionar.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.