• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Serial killer » Matador de taxistas é condenado a mais 47 anos de prisão

Agência Estado

Publicação: 22/07/2014 18:45 Atualização:

Acusado de matar seis motoristas de táxi em apenas três dias março de 2013, o jovem Luan Barcelos da Silva, de 23 anos, foi condenado a 49 anos e 7 meses de prisão no julgamento de dois de seus crimes em Santana do Livramento, na fronteira do Brasil com o Uruguai. Como já havia sido sentenciado a 55 anos, em fevereiro, por outros três assassinatos, cometidos em Porto Alegre, o réu soma 104 anos e 7 meses de penas de reclusão. Esse tempo poderá aumentar quando for julgado pelo sexto crime, mas na prática o condenado fica no máximo 30 anos na cadeia.

Os assassinatos foram cometidos no final de março de 2013. No dia 28 as vítimas foram três taxistas de Santana do Livramento. No dia 30 três de Porto Alegre. O jovem foi acusado de usar sempre o mesmo roteiro. Ele sentava no banco de trás, disparava contra o motorista e depois recolhia dinheiro e celular. Em depoimento à polícia, Luan disse que precisava levantar dinheiro para pagar o aluguel do apartamento em Porto Alegre. A defesa recorreu ao Tribunal de Justiça contra o sentença pelos três assassinatos da capital e pode recorrer contra as duas condenações de primeiro grau em Santana do Livramento. Luan está preso desde abril do ano passado.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.