• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Brasília » Pais entregam à Justiça jovem que fugiu de unidade de internação

Publicação: 22/07/2014 09:26 Atualização:

Oito jovens escaparam do centro de internação na sexta-feira. Foto: Carlos Vieira/CB/D.A. Press
Oito jovens escaparam do centro de internação na sexta-feira. Foto: Carlos Vieira/CB/D.A. Press

Os pais de um dos oito jovens que fugiram da Unidade de Internação de Santa Maria (Uism) na noite da última sexta-feira entregaram o garoto às autoridades no fim da tarde de ontem. O adolescente foi deixado na Vara de Execução de Medidas Socioeducativas, na Asa Norte, e encaminhado para o Núcleo de Atendimento Integrado do Distrito Federal. Ele deve ser realocado hoje para outra unidade internação do DF.

Os demais jovens que escaparam pulando um muro com cerca de 2m não foram recapturados até o fechamento desta edição. O incidente aconteceu por volta das 20h, quando os internos voltavam do jantar. Um deles atingiu um agente na cabeça e, no total, 15 jovens infratores tentaram escapar do local. Sete foram detidos ainda dentro da unidade.

Depois disso, a Uism sofreu críticas do Sindicato dos Servidores do Sistema Socioeducativo (Sindsse). A unidade foi inaugurada há quatro meses. Foi a segunda a receber os interno do antigo Centro de Atendimento Juvenil Especializado (Caje), depois da Unidade de Internação de São Sebastião (UISS). Para o presidente do Sindsse, Cristiano Torres, a fuga de sexta-feira é apenas o primeiro problema dos novos centros. “Apesar de novas, há falhas. Falta segurança e policiamento. Na minha opinião, os erros que existiam no Caje não foram resolvidos com a construção das unidades. Foram apenas transferidos. Além de tudo, continuam superlotadas”, criticou.

Em resposta ao sindicato, a secretária da Criança, Eliane Cruz, afirmou que a Corregedoria do órgão apura todos os possíveis problemas nos procedimentos de segurança e tomam as providências para melhorias na estrutura. “Houve um procedimento de segurança falho, e isso está sendo investigado. Desde sábado, estamos monitorando a unidade para resolver as principais dificuldades”, explicou Eliane.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.