• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Operação especial » PM fecha saídas de SP em ação contra roubos de carros

Agência Estado

Publicação: 18/07/2014 19:56 Atualização:

As principais saídas da cidade de São Paulo foram fechadas simultaneamente na tarde desta sexta-feira, 18, em uma operação especial da Polícia Militar contra roubo e furto de automóveis. É a primeira operação desde que a Secretaria de Estado da Segurança Pública determinou uma série de trocas nos comandos dos batalhões da PM na capital. São realizados são mesmo tempo 36 bloqueios. No total, das 12h30 às 21 horas desta sexta, estavam previstos a montagem de 84 pontos de bloqueio.

São 612 policiais na rua, de diversos batalhões da capital. A ação é tida como uma resposta ao crescimento do número de roubos e furtos na cidade, índice que subiu 41% no último mês, registrando o 12.º mês consecutivo de alta.

"O Comando de Policiamento da Capital, executará atividades de bloqueios para fiscalização veicular (blitz), nas áreas próximas aos limites do município de São Paulo e suas vias de acesso, as quais são comumente utilizadas para a consumação desses tipos de ilícitos penais", diz a PM, em nota.

"A Operação Policial Militar visa ainda a apreensão de armas de fogo e a captura de indivíduos foragidos da Justiça. Dessa forma criaremos maiores dificuldades para o criminoso, de tal forma que o roubo/furto de veículos seja de difícil execução e possa trazer sérias consequências judiciais para seus perpetradores", continua o texto.

A cidade registrava, às 17 horas, 136 quilômetros de trânsito, dentro da média para o horário, segundo medição da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). O balanço da operação policial deve ser apresentado no sábado, 19.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.