• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Demarcação » Cimi vê menor demarcação de terra indígena em 29 anos

Agência Estado

Publicação: 18/07/2014 09:29 Atualização:

Desde o fim da ditadura militar, em 1985, o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) foi o que menos demarcou terras indígenas, segundo relatório divulgado hoje pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi). A média atingida pela presidente foi de 3,6 terras demarcadas por ano. Em 2013, segundo o documento, nenhum processo demarcatório foi concluído.

O relatório aponta ainda que 1.047 áreas territoriais são reivindicadas atualmente pelos índios em todo o País. Deste total, apenas 38% estão regularizadas, cerca de 30% das terras passam por processos de regularização e 32% ainda não tiveram o procedimento de demarcação iniciado.

Segundo o Cimi, a paralisia do governo é provocada por suas alianças com setores econômicos contrários às demarcações - como o agronegócio e a mineração - e a projetos de desenvolvimento nos quais os povos indígenas têm sido considerados irrelevantes.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.