• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Após tragédia » Prefeitura vai monitorar viadutos da Pedro I por 30 dias O trabalho será acompanhado por engenheiros, arquitetos e topógrafos com supervisão da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec). O trânsito não será fechado

Guilherme Paranaiba -

Publicação: 15/07/2014 10:09 Atualização:

A liberação do trânsito de veículos na Avenida Pedro I continua indefinida. Foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A. Press
A liberação do trânsito de veículos na Avenida Pedro I continua indefinida. Foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A. Press
O Viaduto Montese, que também será vistoriado, chegou a ser interditado em fevereiro por causa de um deslocamento lateral de 27 centímetros. Aparentemente, ele já está pronto, porém, ainda não foi aberto ao trânsito de veículos.

As aferições serão feitas ao longo de 30 dias “para promover comparações que permitam verificar se ocorreu qualquer variação de posição desses viadutos após o acidente do Guararapes”, informou a prefeitura. As equipes de vistoria vão escolher uma mesma posição para cada viaduto e usarão um equipamento especializado em medições conhecido como estação total.

Segundo a prefeitura, “as medidas ficarão registradas eletronicamente para elaboração dos relatórios com um retrato da evolução de cada estrutura”. O trabalho é feito por técnicos e equipamentos da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap).

O trabalho será acompanhado por engenheiros, arquitetos e topógrafos com supervisão da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec). Não será necessário o fechamento do trânsito.

Além disso, a prefeitura afirma que uma consultoria independente também fará o mesmo trabalho, que ainda será contratado posteriormente.
Durante toda a manhã de ontem, operários continuaram o trabalho de escoras metálicas na alça que ficou em pé do viaduto. Com o avanço do escoramento, as hastes metálicas apareceram no meio da Pedro I e não apenas nas duas pontas do viaduto.

Outro serviço que prossegue é o monitoramento topográfico da estrutura, que não apresentou nenhuma alteração, segundo a assessoria de imprensa da Comdec.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.