• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Encerramento » Dilma não vê festa de encerramento e causa mal-estar Presidente da Fifa, Joseph Blatter, prestigiou a cerimônia e deixou claro seu desconforto com a ausência de Dilma

Estado de Minas

Publicação: 13/07/2014 16:09 Atualização:

A presidente Dilma Rousseff não assistiu à cerimônia de encerramento da Copa do Mundo, encerrada cerca de 1 hora antes do início da final entre Alemanha e Argentina no Maracanã. Assim, ela deixou sozinhos, e constrangidos, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e a chanceler alemã, Angela Merkel, que estão na tribuna do estádio.

A ausência de Dilma provocou mal-estar profundo entre dirigentes da Fifa e outras autoridades presentes à tribuna do estádio. Vários deles comentavam em voz baixa que se tratava de uma descortesia incomum em eventos semelhantes.

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, também prestigiou a cerimônia de encerramento e deixou claro seu desconforto com a ausência de Dilma na área reservada a chefes de Estado no Maracanã.

Putin e Merkel aplaudiram o fim da apresentação de cerca de 20 minutos de dançarinos e músicos, que mostraram um pouco da diversidade musical brasileira. Apesar da ausência na festa, Dilma vai ao Maracanã para acompanhar o jogo entre Alemanha e Argentina. E também promete entregar o troféu ao time que for campeão.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.