• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Manifestação » Protesto em Copacabana critica gastos com a Copa Isenção de impostos para a Fifa é um dos pontos questionados

Agência Brasil

Publicação: 06/07/2014 19:48 Atualização:

Violações de direitos humanos são denunciadas. Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil
Violações de direitos humanos são denunciadas. Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil
 
Um protesto realizado neste domingo na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, criticou os gastos bilionários com a Copa do Mundo e as violações de direitos humanos que ocorreram durante a preparação do evento, segundo movimentos sociais. A manifestação foi organizada pela ONG Rio de Paz nas areias em frente ao hotel Copacabana Palace, onde está hospedada parte da equipe da Federação Internacional de Futebol (Fifa).

O integrante da Rio de Paz, Antônio Costa, frisou que o objetivo do protesto, que incluiu 12 manequins com os olhos vendados, bolas de futebol com cruzes vermelhas desenhadas e velas acesas, era chamar a atenção dos brasileiros e do mundo para as contradições entre os bilhões de reais empregados na Copa e o pouco retorno que o país terá.

"Queremos dizer para o Poder Público, para a Fifa e para o mundo que nós não somos idiotas. A Copa rolou, foi sensacional, tratamos os turistas com respeito, mas não somos cegos. A Copa foi organizada com o dinheiro do povo e a Fifa irá embora com uma receita de US$ 4,5 bilhões e deixará um investimento pífio em nosso país, sem pagar imposto algum", disse Costa.

O protesto atraiu os olhares e as máquinas fotográficas de milhares de turistas que costumam passear por Copacabana nos fins de semana, principalmente durante a Copa.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.