• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Segurança » Blindados e viaturas chegam ao Rio para dar apoio às UPPs

Agência Brasil

Publicação: 02/07/2014 16:41 Atualização:

Para dar apoio às operações das polícias Civil e Militar em áreas de conflito no Rio, o governador Luiz Fernando Pezão entregou hoje (2) oito novos veículos táticos blindados e 300 viaturas destinadas às unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). As novas viaturas vão reforçar a frota atual, de 567 veículos, que atende a 38 UPPs e a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), levando mais conforto aos agentes de segurança da política de pacificação implantada nos últimos anos pelo governo do Rio.

De acordo com o governador, os veículos táticos blindados estarão prontos para entrar em operação nos próximos dias, nas operações diárias contra o crime organizado.

"Eles já estão adaptados, são moderníssimos. É impressionante a tecnologia que tem de filmagem, além dos capacetes. É aquele investimento que a gente vem fazendo, cada vez mais, em tecnologia e inteligência para auxiliar no combate à criminalidade", disse.

Os veículos táticos blindados serão usados para o transporte de tropas e vão reequipar três unidades especializadas: o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Batalhão de Choque da Polícia Militar; e a Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), da Polícia Civil. Os blindados foram fabricados por uma empresa sul-africana e têm capacidade para transportar 12 policiais.

Segundo o secretário de Segurança do Estado do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, os veículos já estão sendo destinados para as duas corporações e devem estar prontos para ser usados em uma semana.

"Os funcionários da empresa fabricante estão aplicando um pequeno curso. É um carro hidramático, tem todo um sistema contra incêndio. Os policiais das forças vão trabalhar com tranquilidade, mas conforto, terão ar-condicionado e espaço suficiente para qualquer tipo de movimento", explicou.

Beltrame disse que a medida representa mais um passo dado pelo governo, que buscou soluções específicas em outros países, para a realidade do estado do Rio, junto com as exigências feitas pelas forças especiais. Com a chegada dos novos carros, os resultados serão positivos, avaliou o secretário. Segundo ele, o policial que estiver dentro do equipamento terá mais tranquilidade e serenidade para raciocinar antes de agir.

Algumas comunidades já foram escolhidas para receber os novos carros, entre elas, os complexos do Alemão, da Penha e da Rocinha, que enfrentaram problemas recentemente. De acordo com o coordenador das UPPs, coronel Frederico Caldas, a distribuição foi feita levando em consideração alguns critérios, dentre eles, as UPPs que têm maior extensão física.

"Já que as nossas viaturas rodam em um terreno muitas vezes acidentado, com ladeiras muito altas, ruas esburacadas, nem sempre pavimentadas, é muito importante ter uma viatura nova dando mobilidade e visibilidade maior. A chegada desses veículos representa, para nós, uma dinâmica diferente, dá uma tranquilidade maior para o policial e também representa melhor qualidade de vida no trabalho, na medida em que ele tem uma viatura nova, tem condições melhores de segurança", disse.

Segundo Caldas, com a chegada das viaturas, a polícia vai ganhar maior visibilidade e reforçar o cinturão de segurança em torno das UPPs, que começou a ser feito em algumas comunidades, no início da Copa do Mundo.

"Às vezes, as nossas UPPs estão posicionadas em corredores estratégicos importantes. Vou destacar aqui a da Cidade de Deus, que é um corredor importante para o Complexo do Alemão, pela proximidade com a Linha Amarela. A chegada dessas viaturas tem fundamental importância", explicou.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.