• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Ar polar » A 2 dias do inverno, cidade de SC registra -7,7 graus

Agência Estado

Publicação: 20/06/2014 09:25 Atualização:

A cidade de Urupema amanheceu branca por causa da geada. Foto: Marília Oliveira/Prefeitura de Urupema (Marília Oliveira/Prefeitura de Urupema)
A cidade de Urupema amanheceu branca por causa da geada. Foto: Marília Oliveira/Prefeitura de Urupema

Uma massa de ar polar que avançou por Santa Catarina na quinta-feira, 19, fez os termômetros ficarem abaixo de zero na região serrana do Estado, às vésperas do inverno, que começa oficialmente às 7h51 desta sábado, 21. Segundo o Centro de Meteorologia da Epagri/Ciram, Urupema teve a menor temperatura do ano em todo o Brasil: -7,7°C durante a madrugada. Na capital paulista, segundo o CPTEC/Inpe, a temperatura mínima ontem foi de 14° C. Em Campos do Jordão, chegou a 8° C.

A cidade de Urupema amanheceu branca por causa da geada. O município fica a 1,4 mil metro de altitude, na região do Planalto Sul, o que favorece até a formação de neve. Segundo meteorologistas, a massa de ar polar deve permanecer sobre o Estado até o fim de semana. A previsão para a madrugada desta sexta-feira, 20, incluía formação de geada em todas as regiões e temperaturas abaixo de zero nas cidades mais altas.

O Rio Grande do Sul também enfrentou a madrugada mais fria do ano ontem, com geadas em quase todo o Estado. Segundo a Metsul Meteorologia, a temperatura caiu para abaixo de zero pela oitava vez neste ano, chegando a -5,4 °C em São José dos Ausentes, nos Campos de Cima da Serra.

Na rede de estações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a mínima foi de -2,5°C em Cambará do Sul.

Segundo um relatório do 8.º Distrito de Meteorologia, houve formação de geada em vários municípios do interior e do litoral, incluindo em Rio Grande e Porto Alegre. Os serviços meteorológicos previam outra madrugada gelada no Estado para hoje, com repetição de geadas e temperaturas negativas.

São Paulo

O inverno de 2014 não deverá trazer nenhuma anormalidade meteorológica para a região Sudeste, segundo a "previsão por consenso" divulgada pelos principais institutos de meteorologia do País para o trimestre entre junho e agosto. A expectativa é de que os níveis de chuva e a temperatura média fiquem dentro da média para a estação. "A tendência é que a precipitação fique dentro do normal para mais seco", disse ao jornal O Estado de S. Paulo a meteorologista Neide Oliveira, do Inmet.

Ou seja, não há nenhuma esperança de que um inverno chuvoso fora do comum ajude a aliviar a crise de abastecimento hídrico pela qual passa São Paulo - em especial o Sistema Cantareira. Segundo os meteorologistas, poderão até ocorrer pancadas de chuva em alguns momentos, mas serão eventos isolados - nada que ajude a elevar o nível das represas. O inverno começará com tempo bom no Estado, com predomínio de sol e temperaturas variando entre 12°C e 21°C no fim de semana.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.