• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

São Paulo » Bando explode caixas e atira contra polícia em Sorocaba

AE

Publicação: 16/06/2014 13:27 Atualização:

Criminosos tomaram funcionários de um posto de combustível como reféns, explodiram dois caixas automáticos e fizeram disparos de fuzil contra uma viatura da Polícia Militar, na manhã desta segunda-feira,16, em Sorocaba, São Paulo. Os bandidos - quatro homens e uma mulher, todos armados - conseguiram fugir levando parte do dinheiro.

As explosões e a perseguição ao bando deixaram em pânico moradores do bairro Wanel Vile, na zona oeste da cidade. Os caixas, dos bancos Bradesco e Santander, estão instalados na área de estacionamento de um hipermercado, onde também funciona o posto de abastecimento. Os bandidos chegaram por volta das 6 horas, renderam os funcionários do posto e usaram explosivos para abrir os caixas.

Policiais de uma viatura que fazia patrulhamento na região ouviram as explosões e foram até o local. Um carro em fuga foi abordado na rua Américo Figueiredo, mas os ocupantes fizeram cinco disparos de fuzil contra a viatura, que não foi atingida. Os bandidos fugiram em direção à rodovia Raposo Tavares.

A Polícia Militar Rodoviária montou bloqueios na estrada, mas os criminosos escaparam. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da PM foi chamado para recolher dois explosivos que ficaram intactos. Parte do dinheiro que havia num dos cofres foi deixada para trás. O valor levado não foi divulgado.

Este foi o sexto ataque a caixas automáticos com uso de explosivos na cidade desde o início do ano. As ações criminosas dificultam a vida de clientes bancários, já que dezenas de equipamentos que estavam à disposição do público foram retiradas ou desativadas.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.