• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Calamidade pública » Chuvas provocam alagamentos, deslizamentos e desabamentos em Natal Destruída após fortes temporais, a cidade recebe hoje a partida entre Estados Unidos e Gana. Bombeiros garantem que o estádio é seguro

Amanda Almeida

Publicação: 16/06/2014 09:17 Atualização:

A prefeitura de Natal decretará estado de calamidade pública na cidade, que assiste hoje à disputa entre Estados Unidos e Gana, às 19h. Entre sexta-feira, sábado e ontem, choveu o equivalente à média histórica de todo o mês de junho na capital potiguar. As enxurradas causaram alagamentos, deslizamentos e desabamentos, e deixaram mais de 400 pessoas desalojadas. De acordo com o Executivo local, não há registro de vítimas. Ontem, depois de mais de 50 horas, a chuva cessou.

Diante da trégua, os prejuízos materiais começaram a ser contabilizados. Veículos tiveram perda total ao serem soterrados ou alagados. Comerciantes jogaram estoques inteiros no lixo por causa das inundações. Próximo ao Morro do Careca, cartão-postal da capital, a piscina de uma pousada desabou. Na comunidade do Jacó, um barranco desmoronou e arrastou seis barracos.

Com o risco de mais desabamentos, moradores de 50 casas nas redondezas do Morro do Careca foram retirados. De acordo com a prefeitura, a situação mais preocupante é uma erosão na Rua Guanabara, no bairro Mãe Luíza. Um buraco enorme foi aberto, rompendo uma escadaria, e dois prédios tiveram de ser esvaziados.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.