• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Caso de polícia » Presos oito turistas acusados de furto em Belo Horizonte

Agência Estado

Publicação: 15/06/2014 17:32 Atualização:

Policiais militares prenderam oito turistas que chegaram ao Brasil para acompanhar a Copa do Mundo. Segundo a corporação, cinco peruanos e três colombianos foram presos em flagrante acusados de furto. Todos foram encontrados com os objetos tomados das vítimas, incluindo ingressos para partidas do Mundial.

De acordo com a Polícia Militar (PM), três mulheres e dois homens do Peru foram levados no sábado, 14, para a Delegacia Regional Noroeste - onde estão sendo concentradas todas as ocorrências relacionadas à Copa, incluindo em manifestações - depois de serem flagrados com quatro ingressos para a primeira partida da competição no Mineirão, que terminou com vitória da Colômbia por 3 a 0 em cima da Grécia. Os suspeitos também estavam com um passaporte colombiano e documentos de diferentes pessoas, além de dinheiro de diferentes países sul-americanos.

Além deles, um colombiano também foi preso nas imediações do estádio ainda no sábado acusado de tentar roubar um cordão de ouro de uma torcedora. E dois conterrâneos do suspeito foram flagrados já na madrugada de domingo, 15, em meio às comemorações do resultado da partida na Savassi, região com diversos bares e restaurantes da capital que foi tomada por turistas da Colômbia desde o início do fim de semana.

Segundo a PM, Leonardo Aguirra, de 22 anos, e Bryan Andrés, de 21, abordaram uma mulher na festa e, enquanto um distraiu a vítima, o outro furtou o celular. Com a dupla foram encontrados dois aparelhos, sendo um da vítima de Belo Horizonte e outro furtado no Rio de Janeiro. Ainda segundo a PM, Bryan também portava um facão e eles confessaram os crimes.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.