• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Chuvas » Construídos para Copa do Mundo, piscinões salvam arena de Natal

Agência Estado

Publicação: 15/06/2014 15:37 Atualização:

Dois grandes reservatórios de água construídos para evitar inundações na região da Arena das Dunas durante a Copa do Mundo salvaram o estádio nos três dias de chuva intensa sobre Natal. Neste domingo, a prefeitura informou que a precipitação passou de 300 milímetros em pouco mais de 48 horas, volume maior do que o previsto para todo o mês de junho.

A chuva provocou inundações e deslizamentos de terra em vários pontos da cidade, mas a Arena das Dunas, que receberá o jogo entre Gana e Estados Unidos nesta segunda-feira, não foi prejudicada. Os piscinões de emergência, que estavam praticamente vazios até o meio da semana passada, agora têm um nível alto.

O menor deles, com profundidade de 9 metros, está com quase 100% da capacidade. O maior, onde a profundidade chega a cerca de 15 metros, está com metade da capacidade, aproximadamente. Os piscinões têm um sistema de bombeamento interligado que permite equilibrar o volume de água quando um deles está muito cheio.

Os dois reservatórios ficam bem próximos ao estádio, na região do complexo de prédios do governo do Estado do Rio Grande do Norte. Alguns pontos da Governadoria, no entanto, estão alagados, mas nenhum provoca grandes transtornos a quem circula pela área externa da Arena. Muitas obras incompletas, no entanto, deixaram terra espalhada pela área. Com a chuva intensa, muita lama ainda permanece no entorno.

A prefeitura conta com o trabalho de uma equipe de professores de engenharia, arquitetura e outras especialidades da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) para avaliar a necessidade de decretar estado de calamidade pública.

Os especialistas foram aos locais mais atingidos pelo temporal para avaliação e se reuniram no final da manhã deste domingo com autoridades. A decretação do estado de calamidade ou de emergência, no entanto, só deve acontecer nesta segunda, caso seja realmente decidido que isso é necessário.

VISTORIA - O Corpo de Bombeiros finalmente conseguiu entrar na Arena das Dunas, neste domingo, para realizar uma vistoria final na estrutura de assentos provisórios do estádio em Natal. A liberação oficial está pendente desde a última sexta, quando a fiscalização deveria ter sido feita, mas não houve tempo hábil antes da abertura dos portões à torcida para a partida entre México e Camarões pela primeira rodada da Copa.

As pendências, segundo o próprio Corpo de Bombeiros, eram pequenas. E a liberação deve acontecer, mas falta a definição oficial, o que deveria ser confirmado ainda neste domingo.

Mesmo sem a liberação oficial do Corpo de Bombeiros, a Arena das Dunas recebeu na última sexta o jogo México 1 x 0 Camarões, pelo Grupo A da Copa.

SEM FAN FEST - A Fifa cancelou novamente as atividades previstas para a Fan Fest de Natal, neste domingo, em razão da chuva que atinge a cidade e provocou deslizamentos e alagamentos. É o terceiro dia consecutivo em que o local reservado pela entidade para festa dos torcedores ficou fechado.

O palco com telão e a estrutura que chegou a receber cerca de 15 mil pessoas na última quinta, data da estreia do Brasil na Copa, estão instalados na Praia do Forte, a poucos quilômetros do bairro de Areia Preta, onde houve o deslizamento de terra mais grave.

A chuva deu uma trégua no final da manhã deste domingo, mas o tempo continuou muito nublado. Torcedores de Gana e Estados Unidos, que jogam nesta segunda na Arena das Dunas, já chegaram à capital potiguar e tentam passear um pouco pelas ruas ainda muito molhadas e danificadas pelos três dias de temporal.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.