• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Transporte » Sem acordo, metroviários decidem manter greve em São Paulo Classe quer 12,2% de aumento, enquanto governo oferece 8,7%

Pernambuco.com - Redação

Publicação: 07/06/2014 19:53 Atualização:

Em assembleia realizada na noite deste sábado (07), os metroviários de São Paulo decidiram manter a grave da categoria. Uma nova reunião deve acontecer neste domingo.

Os metroviárias chegaram a pedir 35,47% de aumento. Depois, passaram para 16,5%. O valor caiu para 12,2%, após audiência com o Tribunal Regional de Trabalho. O problema é que o governo manteve o valor de 8,7% de reajuste, causando o impasse. O presidente do Sindicato dos Metroviários chegou a chamar de "birra" a atitude do governador Geraldo Alckmin. "Não recebemos proposta nova do governo. Isso é birra do governador. Tá na hora do governador ser governador de verdade", reclamou.

Sem acordo, a Justiça manteve a decisão que garantissem 100% de operação da frota em horário de pico, entre 6h e 9h e das 16h e 19h, e 70% nos demais períodos, sob pena de multa diária ao sindicato de R$100 mil.

 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.