• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Violência » Seguranças agridem paciente em hospital na Paraíba

AE

Publicação: 04/06/2014 20:07 Atualização:

Seguranças do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande (PB) foram flagrados por câmaras de segurança agredindo pacientes que buscavam atendimento. As imagens mostram um homem sendo arrancado de uma cadeira de rodas na recepção. Ele foi puxado pela camisa e arrastado pelo chão para fora do hospital. É possível ver dois homens que o acompanhavam levando socos. O diretor do hospital, Geraldo Medeiros, condenou a reação dos seguranças, mas disse que o paciente estava agressivo.O hospital alega que o paciente também estava sem documentos.

O caso será acompanhado pela promotora de saúde, Adriana Amorim. "A identificação de usuários do SUS deve ser feita, mas, em casos em que não é possível, o atendimento deve ser feito. O importante no momento é salvar a vida do paciente", esclarece.

Além desses casos, outras imagens mostraram um paciente que, depois de receber atendimento no chão da ala de emergência, é puxado pela roupa e um médico brincando em uma cadeira giratória em horário de expediente.

O diretor do hospital disse já ter conhecimento de todos os casos.

A direção do hospital informou que três seguranças que atuavam no Hospital de Trauma foram afastados do cargo e dois, suspensos. O médico recebeu uma advertência, mas já voltou a atender. Os funcionários que aparecem nas imagens arrastando o paciente durante o atendimento ainda vão ser ouvidos pela direção, que vai instaurar uma nova sindicância para investigar o caso.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.