• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Todo efetivo nas ruas » Ações da Operação Lei Seca serão intensificadas na Copa

Agência Brasil

Publicação: 21/05/2014 21:15 Atualização:

A Operação Lei Seca vai itensificar a atuação durante a Copa do Mundo e colocará todo o seu efetivo nas ruas, nos dias de jogos da seleção brasileira. Em torno de 250 agentes vão percorrer durante todo o dia áreas estratégicas da região metropolitana do Rio de Janeiro e no interior do estado, levando a mensagem da campanha. A operação dará atenção especial ao Maracanã e imediações, onde se concentra um número maior de pessoas, e o símbolo do projeto, o tradicional balão da Lei Seca, ganhará tons de verde e amarelo e aparência de uma bola de futebol, em referência ao Mundial.

Durante as operações, os motoristas recebera o material informativo com ventarolas e adesivos destacando os riscos da mistura de álcool e direção. Para o coordenador da Operação Lei Seca, tenente-coronel Marco Andrade, as blitzes serão feitas fora do horário convencional.

"As campanhas educativas serão divulgadas antes das partidas do Brasil, em locais com grande concentração de torcedores. As blitzes terão início imediatamente após o término dos jogos, ainda com o dia claro", disse Marco Andrade, completando que o objetivo também é lembrar a importância de comemorar, mas com segurança.

O planejamento das ações da Lei Seca para a Copa inclui nove equipes de fiscalização, com cerca de 200 agentes, sendo cinco de educação, compostas por 50 pessoas, incluindo voluntários cadeirantes. A Operação Lei Seca é uma campanha educativa e de fiscalização permanente, iniciada em março de 2009. Desde então, até a madrugada de hoje (21), 1.497.455 motoristas foram abordados, 289.910 multados, 59.618 veículos rebocados e 111.303 motoristas tiveram a Carteira Nacional de Habilitação recolhida.

Ao todo 118.077 condutores sofreram sanções administrativas, sendo que 3.787 deles também sofreram sanções criminais. Os agentes realizaram 1.306.550 testes com o etilômetro (bafômetro).

 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.