• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

São Paulo » Nível da Cantareira triplica após liberação de volume morto

Publicação: 16/05/2014 11:45 Atualização:

O volume do sistema Cantareira, que abastece de água capital paulista e região metropolitana triplicou. De acordo com a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), na manhã desta sexta-feira (16) o nível do sistema estava em 26,7%, contra os 8,2% registrados no dia anterior. O salto decorre da liberação de uma espécie de reserva de água, o chamado volume morto, que tinha acumulado 18,5% da capacidade da Cantareira.

Essa "água extra" começa a chegar nas torneiras dos paulistas a partir de domingo. Aproximadamente 8 milhões de habitantes devem ser atendididos. Ainda conforme a Sabesp, o volume morto liberado irá garantir o abastecimento de água até março de 2015.  O trabalho de captação da água teve início na quinta-feira (15).

As obras de instalação das bombas necessárias a retirada do volume morto foram iniciadas em 17 de março. Os trabalhos para o aproveitamento da reserva técnica se desenvolveram nas represas Jaguari/Jacareí, em Joanópolis, e Atibainha, em Nazaré Paulista. Para a captação foram construídos dois canais, que somam 3,5 quilômetros de extensão. Foram dois meses de obras e um investimento de R$ 80 milhões.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.