• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Manobra de emergência » Piloto freia aeronave na decolagem para evitar colisão no ar em Aracaju O comandante explicou a situação aos passageiros e destacou que o impacto frontal entre as duas aeronaves ocorreria 20 segundos após a decolagem

Correio Braziliense

Publicação: 15/05/2014 10:13 Atualização:

A habilidade de um piloto da companhia Azul Linhas Aéreas Brasileiras salvou a tripulação e os passageiros do voo 4101, que seguia de Aracaju, Sergipe, para Maceió, Alagoas. No momento da decolagem, quando a aeronave atingia 150Km/h, o comandante teve de frear preventivamente para evitar uma colisão com outro avião. O incidente ocorreu por volta de 12h30 dessa quarta-feira (14/5).

Por rádio, o piloto explicou a situação aos passageiros e destacou que o impacto frontal entre as duas aeronaves ocorreria 20 segundos após a decolagem. “Estávamos apenas a 1km de distância, a pista estava molhada, o que dificultou a manobra”, esclareceu. O comandante ressaltou que incidentes como este acontecem com frequência no aeroporto de Aracaju.

A Azul informou que, após o ocorrido, a tripulação seguiu viagem no mesmo avião. “A aeronave retornou ao terminal onde foi posteriormente inspecionada pelos técnicos de manutenção e liberada para o voo com atraso de uma hora”. “A companhia lamenta eventuais transtornos aos seus Clientes e ressalta que tal ação foi uma manobra de caráter preventivo, executada sem colocar em risco a segurança dos ocupantes e sem causar danos à aeronave”, concluiu.

O passageiro Luciano Cabral gravou a fala do piloto e publicou no Facebook. “Hoje as orações são de agradecimento”, ressaltou Cabral. Procurada pelo Correio, a Aeronáutica, responsável pelo controle do tráfego aéreo, alegou que está apurando o caso.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.