• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Copa do Mundo » Cinco estádios ainda não foram inaugurados a 30 dias da Copa

AFP - Agence France-Presse

Publicação: 11/05/2014 17:44 Atualização: 11/05/2014 17:59

Estádio Arena da Baixada, em Curitiba. Foto: Orlando Kissner/AFP Photo
Estádio Arena da Baixada, em Curitiba. Foto: Orlando Kissner/AFP Photo


Dos 12 estádios que receberão partidas da Copa do Mundo do Brasil-2014, quatro ainda estão em obras a 30 dias do início da competição, inclusive o Itaquerão, em São Paulo, que receberá a partida de abertura no dia 12 de junho.

O secretário-geral da Fifa, Jerôme Valcke, reconheceu na semana passada que o Itaquerão e a Arena da Baixada, de Curitiba, ficariam prontos apenas "no último minuto".

O Beira-Rio, de Porto Alegre, e a Arena Pantanal, de Cuiabá, também não têm suas obras 100% concluídas.

O prazo inicial dado pela Fifa para que os 12 estádios sejam entregues era dezembro de 2013.

Estádios mais atrasados

SÃO PAULO
As obras atrasaram por conta de dois acidentes que custaram a vida de três operários e de problemas na instalação de arquibancadas temporárias.

Entrega: No último sábado, houve uma inauguração para 20.000 torcedores, em partida entre ex-jogadores do Corinthians. O primeiro evento-teste em jogo oficial será no dia 18 de maio, com o duelo entre o Timão e o Figueirense, válido pela quinta rodada do Brasileirão, diante de 50.000 torcedores. Ainda terá outra partida no dia 21 de maio, contra o Atlético Paranaense.
Capacidade: 69.160
Custo: entre 920 e 950 milhões de reais, de 14 a 18% mais caro que o orçamento inicial.
Partidas que receberá: Brasil-Croácia (12/6, partida de abertura - A), Uruguai-Inglaterra (19/6 - D), Holanda-Chile (23/6 - B), Bélgica-Coreia do Sul (26/6 - H), oitavas de final 1F-2E (1/7) e semifinal (9/7).

CURITIBA
O gramado foi plantado logo antes da última visita de Valcke e as estruturas temporárias ainda estão sendo instaladas. A Arena da Baixada chegou a ser  ameaçada pela Fifa de ser excluída se não fossem observados avanços significativos até o dia 18 de fevereiro. Depois desse ultimato, as obras aceleraram. O número de operários aumentou de 980 para 1.380, a construção do teto e dos acessos aos vestiários foi finalizada. No entanto, a presidente Dilma Rousseff mostrou-se "preocupada" com os atrasos no sábado e pediu para que os esforços sejam redobrados.

Previsão de entrega: 21 de maio
Capacidade: 43.000
Custo: 320 milhões de reais.
Partidas que receberá: Nigéria-Irã (16/6 - grupo F), Equador-Honduras (20/6 - E), Espanha-Austrália (23/6 - B) e Argélia-Rússia (23/6 - H).

Itaquerão, São Paulo. Foto: Miguel Schincariol/AFP Photo
Itaquerão, São Paulo. Foto: Miguel Schincariol/AFP Photo


Obras praticamente concluídas

CUIABÁ
As obras da Arena Pantanal deveriam ser concluídas em outubro de 2013, mas a instalação dos assentos e alguns acabamentos ainda estão sendo feitos. Na quinta-feira, um operário morreu eletrocutado enquanto estava instalando o sistema de iluminação, o que provocou uma paralisação parcial da obra.

Previsão de entrega: 21 de maio
Capacidade: 44.000
Custo: 570 milhões de reais
Partidas que receberá: Chile-Austrália (13/6 - B), Rússia-Coreia do Sul (17/6 - H), Bósnia-Nigéria (21/6 - F), Colômbia-Japão (24/6 - C).

PORTO ALEGRE
A presidente Dilma Rousseff inaugurou simbolicamente o Beira-Rio em 20 de fevereiro e um evento-teste com 10 mil torcedores já foi organizado. No entanto, muitas obras ainda precisam ser feitas no entorno do estádio. Falta colocar asfalto em 50% de uma área de 20.000 metros quadrados. Além disso, a instalação das estruturas temporárias atrasou por causa de uma polêmica sobre o financiamento.

Inauguração oficial: 6 abril (amistoso Internacional-Peñarol)
Capacidade: 49.989
Custo: 330 milhões de reais
Partidas que receberá: França-Honduras (15/6 - E), Holanda-Austrália (18/6 - B), Argélia-Coreia do Sul (22/6 - H) e Argentina-Nigéria (25/6 - F).

Estádios concluídos

MANAUS

A Arena da Amazônia já está concluída e já recebeu eventos-teste em partidas da Copa do Brasil (Nacional-Corinthians, em 30 de abril, e Princesa de Solimões-Santos, em 8 de maio).

Inauguração: 9 de março
Capacidade: 44.000
Custo: 670 milhões de reais
Partidas que receberá: Inglaterra-Itália (14/6 - D), Croácia-Camarões (18/6 - A), Portugal-EUA (22/6 - G) e Suíça-Honduras (25/6 - E).

NATAL
A Arena das Dunas foi inaugurada em 22 de janeiro pela presidente Dilma Rousseff e pelo secretário-geral da Fifa, Jerôme Valcke, e recebeu seu primeiro jogo um mês depois.

Além dos seis que foram utilizados durante a Copa das Confederações, em junho de 2013, o estádio da capital potiguar é o único a ter suas obras totalmente concluídas e a ter recebido o número necessário de eventos-testes.

Inaugurado: 22 de janeiro
Capacidade: 42.000 (32.000 depois da Copa)
Custo: 400 milhões de reais
Partidas que receberá: México-Camarões (13/6 - A), Gana-EUA (16/6 - G), Grécia-Japão (19/6 - C) e Uruguai-Itália (24/6 - D).

Estádio Beira-Rio, Porto Alegre. Foto: Jefferson Bernardes/AFP Photo
Estádio Beira-Rio, Porto Alegre. Foto: Jefferson Bernardes/AFP Photo


RIO DE JANEIRO
Após ficar dois anos e meio fechado para reformas, o templo do futebol brasileiro reabriu suas portas em junho, para a Copa das Confederações, recebendo inclusive a final. Nessa partida, o Brasil atropelou a Espanha por 3 a 0. No Mundial, serão sete jogos, incluindo a decisão, no dia 13 de julho de 2014.

Inaugurado: 2 de junho de 2013
Capacidade: 78.838
Custo: 1,2 bilhão de reais.
Partidas que receberá: Argentina-Bósnia (15/6 - F), Espanha-Chile (18/6 - B), Bélgica-Rússia (22/6 - H), Equador-França (25/6 - E), oitavas de final 1C-1D (28/6), quartas de final (4/7), final (13/7).

BRASÍLIA
O estádio Mané Garrincha, da Capital Federal, receberá sete partidas da Copa. Em junho, foi o palco da vitória por 3 a 0 do Brasil sobre o Japão na partida de abertura da Copa das Confederações. Neste ano, chegou a ter problemas de goteiras, que foram resolvidos.

Inaugurado: 18 de maio de 2013
Capacidade: 72.000
Custo: 1,403 bilhão de reais
Partidas que receberá: Suíça-Equador (15/6 - E), Colômbia-Costa do Marfim (19/6 - C), Brasil-Camarões (23/6 - A), Portugal-Gana (26/6 - G), oitavas de final 1E-2F (30/6), quartas de final (5/7), disputa do terceiro lugar (12/7).

BELO HORIZONTE
O Mineirão, que passou por três anos de reformas, receberá seis partidas da Copa, inclusive uma das semifinais. Desde então, vem recebendo várias partidas importantes, inclusive a final da Libertadores, em julho do ano passado. Na semana retrasada, a estrutura metálica sofreu danos por causa do vento e da chuva, mas sem consequências graves.

Inaugurado: 21 de dezembro de 2012
Capacidade: 62.160
Custo: 695 milhões de reais
Partidas que receberá: Colômbia-Grécia (21/6 - C), Bélgica-Argélia (17/6 - H), Argentina-Irã (21/6 - F), Costa Rica-Inglaterra (24/6 - D), oitavas de final 1A-2B (28/6) e semifinal (8/7).

FORTALEZA
O Castelão, inaugurado pela presidente Dilma Rousseff em 16 de dezembro de 2012, foi o primeiro dos 12 estádios a ser concluído. No Mundial, receberá seis partidas.

Inaugurado: 16 de dezembro de 2012
Capacidade: 63.903
Custo: 518,6 milhões de reais
Partidas que receberá: Uruguai-Costa Rica (14/6 - D), Brasil-México (17/6 - A), Alemanha-Gana (21/6 - G), Grécia-Costa do Marfim (24/6 - C), oitavas de final 1B-2A (29/6), quartas de final (4/7).

RECIFE
A Arena Pernambuco, construída na região metropolitana de Recife, receberá cinco partidas da Copa. O estádio ainda estava sendo finalizado quando recebeu seu primeiro jogo da Copa das Confederações.

Inaugurado: 14 de abril de 2013
Capacidade: 46.000
Custo: 532,6 milhões de reais
Partidas que receberá: Costa do Marfim-Japão (14/6 - C), Costa Rica-Itália (20/6 - D), Croácia-México (23/6 - A), Alemanha-EUA (26/6 - G), oitavas de final 1D-2C (29/6).

SALVADOR
A Arena Fonte Nova, inaugurada em 5 de abril de 2013, receberá seis partidas do Mundial.

Inaugurado: 5 de abril de 2013
Capacidade: 55.000
Custo: 689,4 milhões de reais
Partidas que receberá: Espanha-Holanda (13/6 - B), Alemanha-Portugal (16/6 - G), Suíça-França (20/6 - E), Bósnia-Irã (25/6 - F), oitavas de final 1H-2G (1/7), quartas de final (5/7).

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.