• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Rio » Viúva do pedreiro Amarildo é detida após discussão com PMs Elisabete foi acusada de tentativa de lesão corporal, desacato e resistência

Publicação: 27/04/2014 14:58 Atualização:

 (Crédito: Fernando Frazao/ABr)

Elisabete Gomes da Silva foi detida na Favela da Rocinha, Zona Sul do Rio de Janeiro, após discutir com policiais militares. Ela  teria xingado PMs da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) local na manhã desse sábado (26/4), quando moradores iniciavam uma manifestação. A doméstica é viúva do pedreiro Amarildo Dias de Souza, desaparecido desde julho do ano passado.

Segundo a Polícia Civil, Elisabete foi acusada de tentativa de lesão corporal, desacato e resistência. Elisabete prestou depoimento, mas já foi liberada. Amarildo desapareceu em 14 de julho de 2013, aos 43 anos, quando foi conduzido por policiais à sede da UPP da Rocinha. Ao todo, 25 PMs são acusados de envolvimento na tortura seguida de morte e ocultação de cadáver do pedreiro.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.