• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Segurança » Crise na Polícia Federal prejudica os alunos do curso de formação Punição de instrutores da Academia Nacional de Polícia compromete o treinamento e expõe a briga entre corporação e diretoria no ano da Copa

Renata Mariz - Correio Braziliense

Julia Chaib - Correio Braziliense

Publicação: 27/04/2014 12:37 Atualização: 27/04/2014 12:41

Aluno da Academia Nacional de Polícia treina com armas não letais: preparação para a Copa comprometida. Foto:Marcelo Ferreira/DP/D.A.Press
Aluno da Academia Nacional de Polícia treina com armas não letais: preparação para a Copa comprometida. Foto:Marcelo Ferreira/DP/D.A.Press
Mais de 600 alunos do curso de formação da Polícia Federal, última etapa da seleção para ser admitido na carreira, sofrem com a falta de professores na Academia Nacional de Polícia (ANP). Eles estão sem aulas de abordagem, importante tópico sobre como se comportar em operações, e terão de repor as de armamento e tiro, que ficaram suspensas por quase três semanas. O problema surgiu depois que pelo menos 14 instrutores foram afastados de suas funções, no último dia 9. Uma queda de braço entre os profissionais e a direção da instituição agrava a crise interna na PF, responsável pela segurança da Copa do Mundo, que começa em 46 dias, e no momento em que a corporação investiga casos de corrupção no alto escalão do poder.

O estopim das divergências se deu na solenidade de comemoração dos 70 anos da PF, em 28 de março. No teatro de arena que fica dentro da ANP, professores descontentes com a instituição baixaram a cabeça e permaneceram em silêncio durante a execução do hino da corporação. A manifestação silenciosa aconteceu logo depois de o diretor da PF, Leandro Daiello, ressaltar os feitos da Polícia Federal e afirmar que a instituição passa por um bom momento. Os profissionais quiseram demonstrar, além de insatisfação salarial, descontentamento com a estrutura hierárquica do órgão e com a falta de condições de trabalho como um todo.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.