• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Brasília » Técnico penitenciário é assassinado com tiro na cabeça na Ceilândia Crime teria ocorrido após desentendimento banal no trânsito

Luiz Calcagno - Correio Braziliense

Publicação: 20/04/2014 16:06 Atualização:

Um desentendimento banal de trânsito provocou a morte do técnico penitenciário Ralfis Ferreira dos Santos, idade não informada. Ele morreu após levar um tiro na cabeça. O crime ocorreu por volta de 1h30. A vítima dirigia um Peugeot prata e levava mais dois amigos quando o motorista de um Fiat Uno vermelho executou uma manobra arriscada.

Segundo uma testemunha que preferiu não se identificar, o segundo condutor teria fechado Ralfis e seguido viagem. Posteriormente, o técnico e os amigos teriam alcançado o segundo veículo casualmente. A vítima, segundo o relato, teria aberto a janela e questionado o outro condutor que, em resposta, reduziu a velocidade, sacou uma arma e atirou.

O tiro acertou em cheio a cabeça do técnico. Os passageiros que o acompanhavam manobraram o veículo e conseguiram para alguns metros a frente. O motorista do Fiat Uno, por sua vez, fez um retorno e fugiu em direção ao Centro de Taguatinga. O caso está a cargo da 23ª Delegacia de Polícia, que não tem delegado para atender as ocorrências no domingo.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.