• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Minha Casa, Minha Vida » Dilma: imóveis do Minha Casa, Minha Vida só podem ser vendidos após 10 anos

Agência Brasil

Publicação: 15/04/2014 18:35 Atualização:

A presidente Dilma Rousseff alertou hoje (14) os beneficiários do Programa Minha Casa, Minha Vida para que não vendam ou troquem seus imóveis até o fim do prazo estipulado com a Caixa Econômica Federal, que é dez anos.

"Quem vier pedir para vocês venderem, não vendam, é ilegal. Casa com dinheiro do povo brasileiro não pode ser vendida por dez anos", disse. Dilma participou da cerimônia de entrega de 720 apartamentos pelo programa em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro, que tem áreas dominadas por milícias.

Denúncias de casas tomadas por milicianos foram feitas por moradores de outros empreendimentos do programa, sobretudo, na zona oeste.

A presidente ressaltou que os imóveis não são um favor do governo federal, estadual ou municipal. "Vocês só devem esta casa a vocês mesmos e ao povo deste país que paga impostos" declarou a presidenta. "Quando vocês entrarem na casa, entrem de cabeça erguida".

Dilma garantiu que até o fim do ano serão entregues 3,75 milhões de unidades habitacionais do programa. Os imóveis foram destinados a famílias com renda de até R$ 1,6 mil, que pagarão de 5% a 10% do valor do imóvel (R$ 63 mil). O investimento total do empreendimento foi R$ 45,36 milhões, com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR).

Distribuídos em 18 blocos de cinco pavimentos, os apartamentos têm cerca 45,5 metros quadrados, divididos em dois quartos, sala, banheiro, cozinha e área de serviço. Doze unidades foram adaptadas para portadores de necessidades especiais.

Dentro do espaço há churrasqueira, playground, mesas e bancos, quadra poliesportiva e 180 vagas de garagem.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.