• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Conflito » Pelo menos sete civis e cinco PMs se feriram em desocupação no Rio

Agência Brasil

Publicação: 11/04/2014 11:24 Atualização:

O Corpo de Bombeiros socorreu sete pessoas durante a desocupação do prédio da antiga Telerj, feita nesta sexta-feira (11) por 1,6 mil homens da Polícia Militar, no cumprimento de uma decisão judicial em favor da Oi, dona do terreno. Entre os atendidos, três eram menores: um adolescente de 13 anos, uma criança de 9, e um bebê de seis meses.

Três adultos foram encaminhados para a a Unidade de Pronto-Atendimento do Engenho Novo, bairro onde fica o prédio descupado. A criança foi levada para o Hospital Salgado Filho, no Méier, bairro vizinho. Cinco policiais também se feriram no confronto e três foram levados para o mesmo hospital. Os outros dois foram para o Hospital Central da Polícia Militar, no Estácio.

Cerca de 80 homens de 16 quartéis do Corpo de Bombeiros atuaram combatendo focos de incêndio durante o confronto. Além de conter as chamas no próprio prédio, que foi incendiado no momento da reintegração, os militares também tiveram que apagar as chamas ateadas a quatro ônibus, um carro e dois caminhões nos arredores do terreno.

O prédio, que estava abandonado, foi ocupado e loteado por moradores de diversas comunidades há pouco mais de uma semana. Mais de 2 mil pessoas estavam no local, de acordo com a Polícia Militar.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.