• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Habeas Corpus » STJ nega pedido para soltar acusados da morte de cinegrafista

Agência Brasil

Publicação: 19/03/2014 18:03 Atualização:

O ministro Jorge Mussi, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), rejeitou pedido para libertar Fábio Raposo e Caio Silva de Souza, acusados da morte do cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Andrade, em fevereiro deste ano.

No dia 6 de fevereiro, o cinegrafista foi atingido na cabeça por um rojão aceso por Caio e Fábio, durante uma manifestação no centro do Rio de Janeiro. A morte cerebral de Santiago foi anunciada quatro dias depois.

Mussi entendeu que o pedido de habeas corpus não pode analisado porque o mérito de outro pedido de soltura, rejeitado pela Justiça do Rio de Janeiro, não foi julgado definitivamente.

No STJ, a defesa de Fábio Raposo e Caio de Souza alegou que eles devem ser soltos por não terem antecedentes criminais.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.