• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Vandalismo » Alunos trancam professores em sala e fazem quebradeira em escola de Ituiutaba Nove educadores ficaram presos na sala, onde um estudante colou cadeado de trancar bicicleta. Crianças e adolescentes quebraram vidros, colocaram fogo em lixeiras e danificaram um ventilador de teto

Estado de Minas

Publicação: 12/03/2014 18:40 Atualização:

Uma brincadeira de mau gosto deixou nove professores aterrorizados na manhã desta quarta-feira em Ituiutaba, no Triângulo Mineiro. Alunos da Escola Estadual Maria de Barros, que fica no Bairro Independência, trancaram os educadores dentro de uma sala e promoveram uma quebradeira generalizada na instituição de ensino. A Polícia Militar (PM) foi acionada para resgatar os servidores, que ajudaram a corporação a identificar seis estudantes que lideraram a ação. Os menores serão encaminhados, com acompanhamento de responsáveis e do Conselho Tutelar, para a delegacia da cidade.

De acordo com a PM, por volta de 10h, horário do recreio, os professores foram até a sala reservada para eles e fecharam a porta. Eles costumam se reunir todos os dias no intervalo. Um aluno aproveitou o momento para inserir um cadeado – usado para trancar bicicleta – na fechadura da porta. Trancados, os professores apenas escutaram a baderna que se formou nos corredores e pátio da escola.

Conforme a PM, um outro aluno aproveitando a situação chutou uma lixeira e convidou outros estudantes para fazer o mesmo. Assim começou um grande tumulto na instituição de ensino, sem que os educadores pudessem intervir. Crianças e adolescente quebraram vidros, colocaram fogo em lixeiras e danificaram um ventilador de teto.

De dentro da sala, com muito medo, os professora acionaram a PM por telefone. Os policiais militares chegaram na escola e retiraram o cadeado da porta para resgatar os professores. Conforme a corporação, os servidores estavam muito apreensivos com a situação de ficaram ainda mais quando souberam que o aluno trouxe o cadeado de casa. Segundo a polícia, o fato da ação ser planejada pelo aluno deixou os professores ainda mais assustados.

Repercussão

Alunos que participaram da confusão ainda repercutiram pelas redes sociais, chamando o ato de vandalismo de “rebelião”. A diretoria da escola não quis se manifestar sobre o caso e informou apenas que está tomando as devidas providências. A escola já comunicou a Secretaria de Estado de Educação. A polícia afirma que a instituição é tranquila e não havia registros de casos de violência anteriormente.

A Secretaria Estadual de Educação informou que está ciente do ocorrido na Escola Estadual Maria de Barros e que a superintendente Regional de Ensino de Ituiutaba, Ises Maria Gomes, esteve no local para tentar identificar os menores que se envolveram no caso. Com o apoio da polícia militar, a secretaria vai realizar trabalhos de conscientização com os alunos, pais e professores, para que não haja mais registros semelhantes ao de hoje na cidade. 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.