• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Petare » Crise na Venezuela: estudantes voltam às ruas no leste de Caracas

AFP - Agence France-Presse

Publicação: 04/03/2014 17:04 Atualização:

Manifestantes opositores ao governo de Nicolás Maduro fazem ato no centro de Caracas, em 4 de março de 2014. Fotos: AFP/LEO RAMIREZ
Manifestantes opositores ao governo de Nicolás Maduro fazem ato no centro de Caracas, em 4 de março de 2014. Fotos: AFP/LEO RAMIREZ

Milhares de estudantes e opositores tomaram as ruas, nesta terça-feira, no leste de Caracas, caminhando até o bairro popular de Petare, para protestar contra a insegurança e a deterioração econômica no país, há um mês mergulhado em manifestações que já deixaram 18 mortos.

Vestidos de branco, os jovens carregavam cartazes com dizeres contra o governo de Nicolás Maduro e gritavam palavras de ordem. A multidão saiu do Parque Miranda e seguiu para Petare, uma das maiores comunidades da América Latina.

Ambos os pontos pertencem ao município de Sucre (leste de Caracas), governado pela oposição, mas com várias zonas de maioria chavista.

Caracas e várias cidades venezuelanas têm sido palco de protestos quase que diariamente. As manifestações foram iniciadas por universitários no estado de Táchira (oeste, na fronteira com a Colômbia) contra a grave insegurança, após a tentativa de estupro de uma estudante.

A deputada da oposição María Corina Machado também marchava com um grupo de manifestantes no leste de Caracas, entre eles a mulher de Leopoldo López, Lilian Tintori. Líder do partido Vontade Popular, López está preso após ter sido acusado de instigar a violência nos protestos.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.