[an error occurred while processing this directive] CNBB lança Campanha da Fraternidade nesta quarta-feira | Brasil: Diario de Pernambuco
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Tráfico de pessoas » CNBB lança Campanha da Fraternidade nesta quarta-feira

Publicação: 04/03/2014 10:46 Atualização: 04/03/2014 11:03

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
A Confederação Nacional do Bispos do Brasil (CNBB) lança nesta quarta-feira (5) a Campanha da Fraternidade 2014. O tema deste ano daria uma novela. Ou melhor, já deu. "Fraternidade e Tráfico Humano" tem como objetivo chamar a atenção das comunidades cristãs do país sobre este tipo de crime.

A ideia é identificar práticas de tráfico humano em suas várias formas e denunciá-las como violação da dignidade e da liberdade humana, mobilizando a sociedade brasileira para combater o problema. O tema foi escolhido depois de ser proposto por grupos de trabalho de enfrentamento ao tráfico de pessoas e de combate ao trabalho escravo.

O tema também coincide com a realização da Copa do Mundo no Brasil, que, segundo a CNBB, trará mais visitantes ao país e poderá favorecer a atuação de aliciadores e traficantes. A iniciativa da Confederação conta com o apoio da Secretaria Nacional de Justiça do Ministério da Justiça (SNJ/MJ).

O secretário Nacional de Justiça, Paulo Abrão, destaca que a campanha é mais uma oportunidade de conscientização. "Ela nos ajuda a dar visibilidade ao tema e  envolver toda a sociedade para a execução do 2º Plano Nacional para o Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas.”

De acordo com uma pesquisa da Organização Internacional do Trabalho (OIT), divulgada em 2012, estima-se que cerca de 20,9 milhões de pessoas sejam obrigadas ao trabalho forçado e à exploração sexual no mundo, o que configura o tráfico humano. Por ano, o tráfico faz 2,5 milhões de vítimas, entre homens, mulheres e crianças, e movimenta cerca de US$ 32 bilhões.

A primeira edição da Campanha da Fraternidade aconteceu em 1962, em Natal (RN) e contou com a adesão de outras três Dioceses e apoio financeiro dos Bispos norte-americanos. No ano seguinte, 16 Dioceses do Nordeste realizaram a campanha.

Com informações da CNBB e do Ministério da Justiça

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.