• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Ronaldo Fenômeno vira astro do carnaval em São Paulo

AFP - Agence France-Presse

Publicação: 02/03/2014 21:57 Atualização:

Ronaldo encerra o desfile da Gaviões (AFP/NELSON ALMEIDA )
Ronaldo encerra o desfile da Gaviões

São Paulo (AFP) - De retorno às multidões como um grande: o brasileiro Ronaldo gerou euforia entre os torcedores na madrugada deste domingo no carnaval de São Paulo, em que foi homenageado como um astro do futebol mundial.

A três meses da Copa do Mundo do Brasil, Ronaldo fechou o desfile da Gaviões da Fiel e confirmou que continua sendo um ídolo, três anos após se aposentar. "Ronaldo é fenômeno, é o nosso Fenômeno", afirmou à AFP Daniel Pereira, 35, brincando com o apelido do ex-jogador.

"Adoro, é um lutador. Foi colocado à prova várias vezes e conseguiu renascer. É um vencedor", acrescentou, com entusiasmo, Daniel, que comemorava a passagem pelo sambódromo de São Paulo de Ronaldo, hoje integrante do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo.

Do alto do último carro alegórico da Gaviões, o ex-jogador, vestindo um terno dourado, esbanjava simpatia e sorrisos, acompanhado dos pais, do filho e da namorada, e ensaiava alguns passos de samba."Foi muito emocionante. Estou rouco de tanto cantar", comentou o astro após o desfile, acrescentando ter ficado comovido com a reação da plateia. Gritos e aplausos para o Fenômeno eram ouvidos nas arquibancadas do sambódromo, milhares de pessoas agitavam bandeiras, cantando e dançando, e, um pouco mais longe, fogos de artifício iluminavam o céu, em uma noite quente e sem chuva.

"Adorei, é a minha escola, sou corintiana de toda a vida", exclamou Luana dos Santos, 23, sem parar de cantar o samba da Gaviões durante todo o desfile, que durou cerca de uma hora.


De menino a campeão mundial

Com o enredo "O voo real do Fenômeno", a Gaviões se apresentou na segunda e última noite de desfiles do carnaval de São Paulo. A escola contou a vida de Ronaldo, desde criança até se tornar um astro do futebol.

Ganharam destaque vários momentos de sua vida: o começo no esporte, a consagração em grandes clubes europeus, o reconhecimento como melhor do mundo, e as Copas do Mundo conquistadas em 1994 e 2002.O desfile mostrou, ainda, o retorno de Ronaldo ao Brasil e sua ida para o Corinthians, onde jogou entre 2009 e 2011, antes de pendurar as chuteiras devido a lesões.

A escola não abordou um capítulo polêmico da história de Ronaldo: quando ele esteve, em 2008, em um motel do Rio de Janeiro com três travestis e terminou em uma delegacia porque se negou a pagá-los. O jogador disse não ter percebido que se tratavam de travestis.

"Ronaldo marcou a história do Corinthians, não foi só mais um jogador que passou pela nossa equipe. Embora seja do Rio, ele se reconhece como corintiano, e mostrou issohoje", comentou Marcos Vianello, 20, outro torcedor fervoroso do Corinthians e do Fenômeno.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.